Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Filmes #7

25.07.12

 

Desilusão é a palavra que caracteriza este filme... A versão sueca é MUITO, MUITO melhor, muito mais fiel ao livro (a sério, onde é que foram desencantar aquela versão do que aconteceu à Harriet???). A única coisa que se safa é um Mikael Blomkvist muito mais bonito do que o original. Tirando isso, conselho de amiga: se querem ver esta história no ecrã, procurem a versão sueca. E os outros dois filmes da saga também são muito, muito bons.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


5 comentários

De Hermione a 25.07.2012 às 19:33

I agree.

De Telma a 26.07.2012 às 10:32

Achei o mesmo sem tirar nem pôr! Infelizmente, ainda não vi os outros dois :-(

Telma

De Coquinhas a 26.07.2012 às 17:13

Quando vi este filme também o achei muito bom e cheguei a falar dele no blog. Na altura achei que não valeria a pena ver o americano porque desconfiei que dificilmente conseguiria igualar ou superar este.

De margarida a 29.07.2012 às 10:46

Curiosamente gostei mais do filme americano. A Lisbeth sueca parece-me mais com a "verdadeira", mas todas as outras personagens gosto mais no americano. Outra coisa que acho melhor neste último filme é que a história da família Vanger está mais desenvolvida, confesso que quando fui ao cinema já estava de pé atrás a pensar que o filme não ia valer nada, mas tiro o chapéu aos americanos, se há coisa que sabem fazer bem são filmes. :)

De Lénia Rufino a 29.07.2012 às 15:40

A única personagem que preferi na versão americana foi a Erika, mas é mesmo porque gosto da Robin Wright (ex-Penn). O Bjurman, por exemplo, é ridículo na versão americana. Também gostei do Henrik Vanger porque, lá está, gosto do Christopher Plummer. A Lisbeth é gritante: muito melhor a Noomi Rapace no papel do que a Rooney Mara. Não que esta esteja mal, mas a sueca é mesmo o que eu imagino quando leio os livros.

Sobre a história: a partir do momento em que aldrabam o final, os americanos "matam" a história. Bastava isso para que, para mim, a versão sueca seja incomparavelmente melhor. A cena da violação está muito melhor explorada na versão sueca... percebem-se melhor as intenções da Lisbeth do que na versão americana... E depois acho que, por serem suecos, conseguem transmitir melhor aquele ambiente soturno dos invernos... Na versão americana faltou-me um bocado desse lado escuro...

Mas isto sou eu. Tu que vives aí saberás melhor do que eu se alguma destas coisas faz sentido... ;)

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Para vocês





Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D