Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sobre a Margarida Rebelo Pinto e a polémica crónica sobre as Gordas

27.09.10
Isto é o que tenho a dizer sobre o tema:

"                                                                                                                                                              "

(Nada, absolutamente nada. Porque a mulher é tão tontinha, tão tolinha, tão idiotazinha que não consigo sequer comentar.) (Escrever este post é, já de si, tecer um comentário, pronto).


Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

De moi chéri a 27.09.2010 às 21:10

pois! andei às voltas com essa questão e ainda hoje falei nisso, mas não me ocorreu nada digno de ser escrito. assim sendo, acho que está tudo escrito.

De mi a 27.09.2010 às 23:01

provavelmente, devíamos ter pena da senhora. alguma mulher mais pesada do que ela, algumas gramas talvez, deve tê-la feito sofrer ...

De Olhos Dourados a 28.09.2010 às 16:22

Ora aqui está a voz da sabedoria.

De ana a 16.11.2010 às 14:59

Isto seria realmente preocupante se tivesse vindo de uma escritora a sério, agora desta personagem em nada me afecta. Além de ser escanzelada e ter um nariz que dá para fumar à chuva, pouco ou nada se lhe aproveita, muito menos o talento. Quem leu um livro dela, leu todos, são muito bons para acender uma lareira no Inverno. O mesmo se pode dizer das crónicas, vira o disco e toca o mesmo. Já para não falar do plágio...
Pelo menos as gordas sabem ser originais e não têm a necessidade de ser a bicicleta da aldeia, como ela pelos vistos e as amigas gostam/gostariam de ter sido, não vivem infelizes por terem que viver de alface para se manterem super magras e quanto mais magras melhor,diz ela citando Wallis Simpson (em Inglês fica tudo mais chique!) desculpando-se do facto de não conseguir engordar. ;) É precisamente por isso que as gordas (o "inhas faz-me impressão, faz-me pensar logo em coitadinhas) podem fazer o que lhes apetece: porque são mulheres de verdade! E é também por isso que os homens as preferem, porque são boas companhias, não vivem carrancudas por causa da falta de alimentos ou porque têm que manter a pose, são amadas e amam muito e sabem cuidar de si próprias e deles! Não vivem para a imagem ou para a futilidade.
Um conselho à Margaridinha: já tem idade para ter juízo! Arranje um homem, se conseguir e pouse lá a caneta! Deixe isso para os escritores a sério! Já não se aguenta... .

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Para vocês





Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D