Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Facebook

19.03.12

E para quem ainda não alinhou, é alinhar. Aqui!

Autoria e outros dados (tags, etc)

(Super) Pai

19.03.12

Clichés à parte, ele é e será sempre o meu super-pai. Aquele que me ensinou a ler quando não era suposto. Que me deixava ver o "Norte e Sul" com ele, tinha eu uns 8 ou 9 anos. O meu pai, aconteça o que acontecer, será sempre uma bênção na minha vida. Tive muita, muita sorte com o pai que me calhou. 

 

E tive "olho" para escolher o pai dos meus filhos. Não podia ter escolhido melhor. Os sorrisos na cara dos miúdos quando o vêem são mais do que prova disso. Sei que eles são felizes com o pai que têm e isso basta-me.

 

Aos meus dois pais, um feliz dia do Pai!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Olá...

19.03.12

Oh pra mim a aterrar de paraquedas na casa do Sapo!! Mudei-me. E em breve há novidades!!

 

[Entretanto, obrigada à Sapo-team, que tem sido assim de espectacular para cima!]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 19 [Série]

19.03.12
A minha série preferida de sempre é o "24". Não voltei a sentir a mesma "chama" em mais série nenhuma. Não vi nenhuma com o espírito com que via o 24, horas e horas a fio. E fiquei feliz por saber que o filme está em pré-produção e há-de estrear no ano que vem. Vai ser bom matar saudades do Jack Bauer, que é um dos meus personagens preferidos.

Mais séries que me marcaram, para além das óbvias Anatomias e afins, (que adoro, bem entendido): Nip/Tuck, CSI Las Vegas, The Mistresses, Hotel Babylon, Coupling, How I Met Your Mother, Modern Family, Dexter... e podia continuar nisto horas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 18 [Feriado]

18.03.12
Pois que aqui a menina resolveu casar a 4 de Outubro para poder comemorar e gozar o feriado no dia seguinte. Dois anos depois do casamento, o 5 de Outubro é despromovido e lá se vai o feriado a seguir ao aniversário de casamento. Acho mal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 17 [Frase/Poema]

17.03.12
"Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara." - Livro do Caos (e uma lição de vida)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 16 [Filme]

16.03.12




O Seven dificilmente perderá o primeiro lugar na lista dos meus filmes preferidos. Mas tenho outros.

Elizabeth
Magnolia
The Anniversary Party
Elizabethtown
The Shipping News
Moulin Rouge
Hugo

E o meu forever second favorite, Love Actually.


Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 15 [Local de Férias]

15.03.12
Há uma Aldeia, perdida no Alto Alentejo, que me viu crescer. Não passo férias lá desde que a minha avó morreu e a casa dela foi comprada por uma das minhas tias, há quase 5 anos. Mas cresci ali. Muito do que sou foi moldado ali. E é ali que me sinto em casa. Pés descalços no chão quente, um calor infernal, um livro que me marque e sou feliz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dicionário (a propósito... nem de propósito... a despropósito)

14.03.12
Eu não sei como é que é no vosso dicionário mas, no meu, não gostar ou não concordar com uma coisa NÃO significa que tenha inveja do que quer que seja. Porque, felizmente, tenho a cabecinha organizada e consigo separar águas. Não gosto porque não gosto, é simples. Da mesma forma que, quando gosto, não é por ser ovelha de rebanho, é por gostar mesmo. Chama-se "ter personalidade própria e pensar pela própria cabeça".

Invejas? Não tenho. Ah, mentira, tenho: da Heidi Klum que, quatro filhos depois, continua linda e magricela. Mas é inveja da boa. Acho lindamente que ela seja assim. Adoro. Convivo lindamente com o sucesso dela. E com o do Saramago, por exemplo. E com o do João Tordo. E com o da Meryl Streep. Ou do José Fidalgo. Gente que faz coisas válidas, que cresce à custa do seu talento, sem ter que explorar ninguém. Lido lindamente com sucessos merecidos, que não se fazem à custa das fragilidades de ninguém. Got it?

[É óbvio que há sempre quem interprete o que os outros escrevem ao contrário. É o problema da comunicação. Uma coisa é o que queres dizer, outra é o que efectivamente dizes e outra ainda é o que quem recebe a mensagem entende. Três coisas diferentes, portanto.]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aproveitamento

14.03.12
Odeio gente que se aproveita das fragilidades alheias para fazer dinheiro. Odeio. E, pior ainda, não entendo que haja quem ache normal que alguém se aproveite das carências de outros para engordar a conta bancária, mesmo que isso esteja mascarado de "eu só quero ajudar".

Por exemplo: livros de auto-ajuda sobre "como entender os homens". Caríssimas que estão solteiras, que querem encontrar o amor, que se sentem sozinhas: não é ali que vocês vão aprender o que quer que seja. O dinheiro que iam (ou vão) gastar no livrinho, usem-no para pagar um café ou um copo num sítio giro, onde pode ser que esbarrem com o homem da vossa vida. O tempo que iam (ou vão) gastar a ler uma carrada de páginas pejadas de lugares-comuns e teorias de bolso (a sério, faz-me muito lembrar aqueles romances de cordel da colecção Harlequim, que se vendem nas papelarias), usem-no para sair da vossa zona de conforto, para conhecer gente nova, para conviver com pessoas reais, que existem cá fora e que, quem sabe, podem mudar a vossa vida.

Essa coisa redonda que vive assente no vosso pescoço serve para que pensem por vocês. Vocês não precisam de um iluminado (com olho para o negócio) a dizer-vos o que pensam os homens. Até porque, como está bom de ver, cada homem pensa maneira diferente e a probabilidade de o livro não vos servir para nada é, vá, grande.

[Mas isto sou eu, que tenho mau feitio e que odeio gente que se aproveita das fragilidades alheias para proveito próprio...]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 14 [Calçado]

14.03.12
Não sou NADA alucinada com sapatos. Tenho pouquíssimos pares. Fui educada assim, nunca senti que devia deixar de ser assim. Preciso de sapatos de acordo com este critério: botas de salto alto, botas rasas, sapatos de salto alto, sandálias de salto alto, sandálias rasas, sabrinas. Em preto e castanho/bege. E é isto. Claro que tenho mais de 12 pares de sapatos, mas pouco mais. E não consigo perceber a necessidade de ter sapatos. Consigo entender a paixão, o gosto. Mas não percebo quando dizem que "precisam" de mais um par, além dos 376 que já têm nos armários.

A compra de sapatos mais inteligente que fiz foi... para o meu casamento. Sandálias prateadas, altas, giras e intemporais. €9,90. Sim, os meus sapatos de casamento custaram menos de 10 euros. E isto diz muito sobre mim...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Oh gosh...

13.03.12

Editar livros assinados com os nicks que se usam nos blogues é deprimente. E parvo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 13 [Cheiro/Perfume]

13.03.12
Outro cliché, mas não há cheiro como o dos meus filhos. Adoro perder minutos com o nariz enfiado nos pescoços deles, a cheirá-los, a memorizar este tempo em que eles são pequeninos e cabem debaixo das minhas asas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 12 [Cidade]

12.03.12
É um cliché mas Lisboa há-de ser sempre a minha cidade. Nunca vivi em Lisboa, não tenciono viver. Passo meses sem ir lá. Não faço questão nenhuma de passar os dias no reboliço de Lisboa. Mas gosto de saborear a cidade ao meu ritmo. Gosto do Chiado (impossível não gostar), mas a minha Lisboa é mais Belém do que outra coisa. Gosto de ver o rio, de passear por ali sem tempo. Gosto da luz de Lisboa. Dos eléctricos. Das janelas velhas das casas velhas onde vivem velhas que fazem de Lisboa uma cidade sempre nova. Gosto de imaginar as histórias que ali se vivem, gosto de sentir que há vida em casa recanto. E gosto de saber que esta cidade que amo está aqui, à distância de dois capítulos de um livro qualquer, lidos num comboio suburbano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 11 [Sobremesa]

11.03.12
Esta. E tudo o que tenha morangos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 10 [Parte do Dia]

10.03.12
Noite. Sempre fui mais coruja que outra coisa. Estudei sempre melhor à noite, é quando me consigo concentrar e abstrair de tudo. De dia há imensas distracções... à noite nem por isso. Escrevo melhor à noite, trabalho melhor à noite. Mas.

Ter filhos avaria estes horários. Deixei de poder dormir até me esquecer, de manhã. Deixei de, mesmo podendo, conseguir ficar na cama para além das 10h. E quando me levanto às 10h é porque a noite foi longa e o dia anterior cansativo. Passei a conseguir funcionar de manhã. Ajustei horários. Como o meu marido se deita cedo ("pa caraças"), passei a deitar-me ao mesmo tempo. Mas, se dependesse só de mim, continuava a ser o que sempre fui: morcego.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 9 [Mania/Superstição]

09.03.12
Manias, tenho muitas. Superstições, nem por isso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Em Lisboa

08.03.12
Está um calor que mal se aguenta, para quem saiu de casa no final do inverno e se deparou, uma hora depois, com o meio da primavera. Está um calor bom, com um cheiro que não é desta cidade (juro que aqui, onde estou, não sinto cheiro a fumo nem a stress nem a assuntos por resolver). Está um sol que, malgrado ser o meu combustível, bate na janela atrás de mim e faz com que este monitor não seja a coisa mais fácil de ver. Tenho na boca o gosto do cappuccino sem natas, a saber a tempo para gastar com as teclas de um computador - não para divagar mas para escrever. Eu devia fazer isto mais vezes: pegar em mim e no meu material de trabalho, sentar-me com vista para a vida, e escrever tudo o que se me arrasta no peito. Há sempre um começo. Ou um recomeço. Hoje, um dia que começou pesado, sinto nas mãos o prazer de concretizar histórias. A alavanca: um almoço entre amigas (algumas só virtuais, outras bem mais do que isso). E este sol. É impossível não estar em paz com um sol destes a bater na janela e a transformar este monitor numa coisa difícil de gerir.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 8 [Amor]

08.03.12
Era uma vez um coração dividido em três, com amor que não encolhe mas antes se multiplica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dia da mulher

08.03.12

Faz hoje 7 anos que perdi uma das mulheres mais importantes da minha vida.

Foi com ela que passei verões fabulosos, de pés descalços na terra, a fazer sopas de farelos dos porcos e limões bebés. Foi com ela que fui ao primeiro funeral da minha vida (e ainda hoje sei de cor o rosto da filha da senhora que morreu, e sei exatamente o que levei vestido). Foi ela que obriguei a organizar uma festa de aniversário para o meu avô, a única nos 82 anos que viveu (e convidei as vizinhas todas e fiz tudo como manda o figurino - tinha 5 anos).

A minha avó Primitiva deixou em nós um bocadinho daquela força que a definia. Ainda hoje somos todas, as filhas e as netas, um bocadinho do que ela foi. E temos muitas, muitas saudades daquele rosto com rugas, daquele sorriso imenso e daquela pureza que fez dela inigualável.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 7 [Estação do Ano]

07.03.12
42º à sombra. O sol a queimar às três da tarde. Calor a sair do alcatrão, as pedras da calçada em brasa. O cheiro a terra seca e fértil. O silêncio quase sepulcral. Eu sou feita de memórias. Fui sempre feliz no Alentejo, em Agosto. Construí-me de histórias que são muito de mim. Para mim, a felicidade encontra-se no verão alentejano como em nenhum outro lugar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Trash The Dress (reposting... porque me apeteceu recordar)

06.03.12







Fizemos a nossa sessão em Lisboa. Andámos por Marvila, andámos junto à antiga fábrica da Nacional, andámos em cima de montes de alcatrão, andámos no meio de uma linha de comboio (e em cima daquela máquina amarela que se vê ao fundo desta última foto), andámos sentados em cima de um cadeirão velho que a nossa querida fotógrafa levou, andámos em paragens de autocarro, andámos dentro de super tubos (onde cabíamos sentados, sem problema) e em cima de atrelados de camiões TIR (as fotos em que estamos a dançar foram aí). Foi muito, muito giro e temos fotos fabulosas. Tudo graças ao talento da Sandra Costa, que é uma fotógrafa como não há muitas por aí!


Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 6 [Sabor]

06.03.12
O frango frito da avó Florinda.
As fatias douradas da minha mãe.
A minha mousse de menta.
Limão.
Chocolate.
Café.
Vodka Laranja.
Os beijos dele.
Os beijos dos meus filhos.
Não consigo escolher só um...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 5 [Foto]

05.03.12
[07.11.2009]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 4 [Amuleto]

04.03.12
Ando há anos com duas moedas estrangeiras na carteira. Uma é inglesa, a outra é marroquina. Gosto de as ter por ali. Lembram-me as viagens que fiz e dão-me vontade de regressar. Não são amuletos, mas podiam ser.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 3 [Local]

03.03.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hugo e uma deliciosa descoberta.

03.03.12

Dia de cinema a dois. Jantar de costas para a bola (eu) a despachar para ir ver o filme. Escolhemos "A Invenção de Hugo" e eu adorei... É tão doce... Fez-me lembrar a Amelie e o Moulin Rouge.

No intervalo do filme começou a passar uma música linda... E as novas tecnologias fizeram o resto. Usei uma aplicação do telefone para descobrir que música era aquela. Demorou 5 segundos. E apaixonei-me mais um bocadinho. Trouxe a música comigo. E agora partilho convosco este pedaço de céu.

Ver "Flight Facilities - Crave you Feat. Giselle [Official Video]" no YouTube

[No fim do filme entrámos na Bertrand para eu procurar o livro que originou o filme. Gigante desilusão. É um livro lindíssimo, mas não para quem, como eu, ama ler histórias e não ver histórias. Ilustrações, imensas. Palavras, muito poucas. Ficou na prateleira. Trouxe para casa uma música fantástica, um filme que entrou para os meus preferidos e um livro que me desiludiu. O saldo é positivo, apesar de tudo. Muito positivo.]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 2 [Mãe/Pai]

02.03.12
Não consigo falar de um sem falar de outro. Por um lado, uma mãe que amo e com quem nem sempre convivi da melhor forma. Feitios que chocam, formas muito diferentes de ser e de estar. Mas nunca nos afastámos, nunca deixámos que nada quebrasse o laço que nos une. Não escolheria outra mãe e sei que a mãe que sou se deve por inteiro a ela.

Com o meu pai é diferente. Paixão assolapada. Somos iguais. Entendemo-nos sempre na perfeição, cúmplices, companheiros. Um dos quatro homens da minha vida. (E só de imaginar que um dia o vou perder fico desnorteada...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio da Anita - Dia 1 [Livro]

01.03.12
"Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara".

Não sei quantos livros li, não sei quantas histórias me ficaram debaixo da pele, mas sei de cor aquele que foi o livro que mais me marcou, de que mais gostei, que mais me angustiou, que mais me fez pensar. "Ensaio Sobre a Cegueira", José Saramago. Para mim, se ele só tivesse escrito este livro na vida, merecia na mesma o Nobel. Porque ali está a essência humana, nua e crua. A maldade do ser humano, a fragilidade, tudo. Para mim, o melhor livro de sempre. Aquele que hei-de um dia tatuar na pele.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 2/2




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Para vocês





Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D