Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Emoção

08.07.11
Adoro, adoro, adoro ver as coisas que vou fazendo serem usadas (e apreciadas) por quem as encomenda. Parece que ganham vida e é isso que faz valer as noitadas até às quatro da manhã que tenho feito. Nada me dá mais gozo do que saber que aquela peça que tenho nas mãos vai fazer parte da vida de alguém. Dá-me ímpeto para criar mais, para pensar em mais coisas, para projetar peças novas e, acima de tudo, para as concretizar.

Hoje estamos aqui.

Obrigada, Miss Glitering, muito obrigada!


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Ajuda

08.07.11
Ajudemos a Marlene, jornalista que está a fazer pós-graduação em Social Media Marketing Management, no ISLA. E como é que a podemos ajudar? Respondendo ao inquérito que está aqui em baixo. Simples, rápido e uma grande ajuda.

O objectivo deste inquérito é perceber se já se fala sobre a pílula contracetiva nas redes sociais e qual o contributo destas plataformas para o processo de adopção destes medicamentos. Trata-se de um inquérito anónimo, sem outro propósito que não o meramente académico.

https://www.surveymonkey.com/s/piluweb4

Agradecidas (eu e ela).


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Saudades

07.07.11
Cinema. Copos com amigas. Noites de calor. Conversas pela noite fora. Roma. Barcelona. Londres. Marrocos.

[Há aqui coisas passíveis de saírem desta lista. Já outras terão que esperar uns aninhos. Ou que me saia o Eurocoiso, lá está).


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Évora vs Gomes

07.07.11
Hoje não houve Nelson Évora. Houve Naide Gomes. Equivalentes, segundo o meu companheiro de corrida/andamento.

E hoje foram 500m a correr (isto vai lá com calma... muitaaaa calma) e 2,2k a andar. Mais 200 abdominais e 12 flexões (outra coisa que vai lá com... calma!).


Autoria e outros dados (tags, etc)

Confusão

07.07.11
Coisa que me faz MUITA confusão: malta que passa a vida a chorar-se por não ter dinheiro, que ganha mal, que gasta muito e o diabo a sete, mas que depois se enfia em tudo o que é concerto/festival de verão/whatever.
É só de mim, ou a crise ainda é um conceito que muito boa gente ainda não interiorizou?


Autoria e outros dados (tags, etc)

Duvidar

06.07.11
Eu sou ambígua. Nem para cá nem para lá. Houve alturas de levar a auto-estima aos 10.000 pés e outras (como agora) de andar com ela a dar voltinhas de submarino.
Eu acredito muito em mim. Sei do que sou capaz. Conheço os meus pontos fortes. E conheço os meus pontos fracos melhor ainda (o que é bom porque ajuda a afinar).
Eu duvido muito de mim. Das minhas capacidades. Do meu talento. Duvido que tenha, efetivamente, um talento. Agora, com a história das costuras, dizem-me que sim. E eu encolho os ombros e murmuro um "oh", como quem diz "não é nada, é só saber mexer na máquina". Mas no fundo sei que não é só isso - mas isto agora também não vem ao caso.

Viver neste pular constante cansa. Nunca saber se sim ou se sopas. Acreditar e duvidar. Estar constantemente a tentar provar ao mundo (mas, acima de tudo, a mim) que tenho o tal talento, a tal coisinha qualquer que me faz ser diferente, é dose. E cansa. E eu não sei viver de outra forma. Sou exigente com tudo. Sou magistralmente exigente comigo. Não me permito falhar. Não me dou margem para nada. Não relaxo. Quero fazer sempre melhor, quero fazer sempre o melhor. E isso cansa. E o pior é que este cansaço é tremendamente compensador para mim. É ele que me diz que estou no caminho certo. Ainda que eu não chegue a lado nenhum, o simples facto de me desafiar já me enche as medidas.

[Este post segue sem comentários propositadamente. Não é um pedido de validação nem de palmadinhas nas costas. É tão só uma coisa que acho que vai ser importante reler daqui a uns tempos.]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Dar e receber

05.07.11
É sabido que adoro o sítio onde trabalho. Não falo do sítio físico (gosto), mas sim da empresa. Tratam-me como pessoa e não como máquina, a equipa que está agora em funções é a melhor desde que entrei para a empresa (e a mais pequena também!) e tudo corre bem.

Não tenho stresses com horários, se precisar de sair mais cedo saio, se precisar de entrar mais tarde entro, se precisar de esticar a hora de almoço estico. Mas se precisarem de mim a trabalhar também levo trabalho para casa, saio mais tarde do que as minhas 16h-de-licença-de-amamentação e abdico da hora de almoço. Quando tudo isto se junta num dia só, é dor de cabeça garantida. É o que estou a viver hoje. E não me sinto "roubada" porque sei que estou a dar mas também recebo. E a empresa sabe que dá porque recebe. Win-win, claramente.


Autoria e outros dados (tags, etc)

Dia de treino

04.07.11
Fui correr para o Jamor, à hora de almoço. Corri 500m, andei 2k.

Em contrapartida, estava lá o Nelson Évora.

Saldo claramente positivo!


Autoria e outros dados (tags, etc)

Aobre o que eu escrevi sobre o Angélico

02.07.11
1. Não sou ninguém para julgar quem quer que seja.
2. Tenho opiniões, como toda a gente. Acontece que muitas vezes a minha opinião é exactamente oposta à opinião das massas.
3. Não me acho dona da verdade, nem imortal, nem superior a quem quer que seja.
4. Não me acho no direito de dar uma de falsa moralista.
5. Cometo erros na estrada (e em casa, e na rua, e na vida em geral. Como toda a gente, aliás).
6. O que disse em relação ao Angélico teria dito em relação a qualquer outra pessoa na mesma situação.
7. Não acho nem nunca disse que achava que ele (ou quem quer que fosse, na mesma situação) merecia morrer. Não disse que achava que ele merecia cada volta que o carro deu. Não disse porque não acho isso. Acho que, por muita merda que ele tenha feito naquela viagem, merecia viver, como toda a gente merece. Também não acho que merecesse viver por ser famoso, bonito e idolatrado. Acho que merecia viver tanto quanto quem ia com ele.
8. Não sei se a culpa do acidente foi dele ou não. Sei o que a comunicação social transmite. Opino com base nisso, apenas e só. Porque não estava lá e não vi. Nem eu, nem ninguém, aparentemente.
9. Acho que, ainda que o acidente se tenha dado por qualquer coisa alheia a ele, houve ali escolhas mal feitas (não necessariamente dele: o amigo dele que morreu ia sem cinto e podia tê-lo posto. A miúda que continua internada ia sem cinto e podia tê-lo posto.).
10. A confirmar-se a alta velocidade, acho que isso é capaz de ter ajudado ao desfecho.
11. Espero sinceramente que isto sirva de alerta para toda a gente. Todos sabemos que anda para aí muito selvagem a conduzir.
12. Acho que, na estrada, todos temos que ser responsáveis, não só por nós e por quem viaja connosco, mas também por quem se cruza connosco. E acho que se toda a gente visse a coisa por este prisma se calhar não aconteciam tantas desgraças.

13. Eu não sou melhor do que ninguém, nunca o disse, nem era disso que tratava o tal post. Quem me conhece sabe que, quanto mais sério o assunto, mais seca e menos meiga eu sou. Defeito meu, assumidíssimo. Sou mais de murros no estômago do que de palmadinhas nas costas. E é isto. A intenção não era melindrar ninguém, nem ofender ninguém nem nada do género. Era, simplesmente, abanar uma estrutura. Apenas e só.


Autoria e outros dados (tags, etc)

Da sereia da Vodafone

01.07.11
Aqueles 30 segundos em que a Soraia Chaves faz de sereia, deitada em cima de um calhau, a anunciar qualquer coisa da Vodafone, são os 30 segundos em que eu acho que ela representa melhor. Ali considero-a uma atriz como deve ser. Em tudo o resto onde a vi, fiquei com a impressão de que ela é uma miúda com um corpo jeitoso (nem sequer a acho bonita), que representa mal que se farta.


Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 2/2




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Para vocês





Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D