Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cinderela mode: ON

04.08.09
Ando aqui doidinha à procura de sandálias para o casamento. Já comprei umas flats que eu sou menina para assumir que não me aguento nos saltos o dia todo. Faltam-me AS sandálias. Parecendo que não, o que se tem nos pés no exacto momento em que se assume um compromisso para toda a vida é coisa para merecer atenção. Se eu fosse rica fazia como a Paracuca e agarrava-me a uns Louboutins. Não sendo, já estou por tudo. Já virei Seca, Meca e Vale de Santarém à procura dumas sandálias que sejam prateadas ou brancas, de tiras, com ou sem strass, com saltos de uns 8cm no máximo. Nada. Vi há bocado umas mas acho que têm 8cm + IVA e portanto deve ser escusado. Cheguei ao ponto em que estou disposta a calcorrear as mais afamadas lojas de Chinoiseries (vulgo, lojas de chineses) das redondezas. Assim com'assim, só as vou ter calçadas umas duas ou três horas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Livros - III

04.08.09
170 páginas volvidas d'"Os Pássaros Sem Asas", já consigo ter uma percepção mais apurada da coisa. É genial, pronto. Bem escrito, muito bem traduzido, escorreito, rápido, ritmado. Uma história cheia de curvas e contra-curvas, bem orquestradas. Personagens alegóricas, que nos nascem à frente dos olhos conforme vamos lendo. Não é toda a gente que tem a capacidade de dar vida às personagens, mas este autor é mestre! Estou a adorar! Tenho o verão feito e gosto!

Nota: eu tendo a dizer muito bem dos livros que leio. Para já, porque só leio mesmo o que me interessa; depois porque, antes de começar a ler, investigo, procuro saber o máximo possível sobre o livro e sobre o autor. Nunca compro nada apenas porque ouvi falar ou porque me sugeriram ou porque alguém achou que aquilo seria mesmo a minha cara (aconteceu mais do que uma vez oferecerem-me livros completamente ao lado: Maria João Lopo de Carvalho, Tiago Rebelo e Margarida Rebelo Pinto não são nada a minha onda, por exemplo). Por isso, dificilmente haverá um livro que eu comece a ler e que não acabe ou de que não goste no final (mas já aconteceu e não vai há muito tempo... e foi uma frustração enorme, porque ainda por cima foi daqueles livros que eu "descobri" e de que nunca ninguém me tinha falado).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Loaded

04.08.09
A coisa está de tal forma que ontem, a caminho de casa, tive que encostar o carro porque me lembrei de uma série de coisas que tinha mesmo que fazer hoje e não me podia esquecer. Vai daí, encostei, escrevi e segui caminho. Ninguém merece!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Busy bee

04.08.09
Instalei-me na sala do patrão: estava efectiva e incontornavelmente farta da minha colega que grita e passa os dias de janelas abertas (com o vento a dar directamente nas minhas costas, que é uma coisa que adoro...) e mudei-me. Aqui está-se muito bem (chamem-lhe lá parvo! Ele é que foi esperto a escolher a sala dele!).

Acontece que o trabalho tem sido alvo de milagres de multiplicação aplicados sabe-se lá por quem... e não pára de crescer... E eu estou cheia de fome e tenho que ir comprar almoço e tenho que ir a três bancos e aos correios. E, pelo meio, todo o outro trabalho que parece que não acaba...

Autoria e outros dados (tags, etc)

O recreio

03.08.09
Esta semana temos os dois patrões e a directora de férias - ou seja, as chefias todas. Cá estão 2 accounts e 2 designers - ou seja, os súbditos todos. Pensamento imediato: esta é a semana do recreio! Isso é que vai ser chegar tarde, demorar três horas a almoçar, sair cedo e, pelo meio, não fazer nenhum.

A realidade: os clientes em histeria a pedir trabalho, nós a fazer o trabalho de mais três, decisões para tomar, coisas para fazer acontecer. Resultado: esta é, provavelmente, a pior semana do ano...

Autoria e outros dados (tags, etc)

A saga do gás

03.08.09
Hoje, às 9h15 da manhã, tocaram-me à campainha os senhores do gás, para me arranjarem tudo. Hoje, cinco dias depois, tenho gás.

Halleluiah! Praise the Lord!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Acessórios

03.08.09
Andava em busca dos acessórios para o casamento: pulseira e brincos. Comprei 4 pulseiras e dois pares de brincos... Já decidi qual é a pulseira eleita, mas falta-me comprar mais um par de brincos, que combine com a dita. Não queria gastar muito dinheiro nisto (daí não ter comprado nada em lojas de noivas, mas sim em lojas tipo Parfois, Acessorize e Claire's). Já gastei uns 40 euros com esta brincadeira...

Autoria e outros dados (tags, etc)

O penteado

03.08.09
Expliquei à cabeleireira o que quero fazer no cabelo, para o casamento. Comentário imediato: ai, eu adoro esse penteado!! Resolveu testar, para ver como ficava... em três minutos arranjou-me o cabelo como eu quero e eu tive a certeza de que é mesmo aquilo! Não vou levar acessório nenhum no cabelo; o penteado em si é... acessório suficiente (e não, não é nenhum apanhado maluco nem nada disso. É, in fact, muito simples... mas muito arrojado!).

Ansiosa...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coisas que me acontecem (2) - No Cabeleireiro

03.08.09
Sábado fui ter com a cabeleireira que me vai pentear no dia do casamento, para falar um bocadinho do que eu quero que ela faça e de quanto ela quer que eu lhe pague. Entrei no salão e cumprimentei-a com dois beijinhos, como sempre. Estava uma velha a ser penteada e manicurada, com quem se passa o seguinte diálogo:

Velha (com voz autoritária): a menina não sabe que não se dá beijinhos às pessoas agora?
Eu: desculpe?
Velha: sim, não se dá beijinhos.
Eu: não faz mal, eu sou saudável, não peguei nada a ninguém.
Velha: mas pode ter apanhado agora.
Eu (ainda a tentar levar aquilo na boa): não apanhei nada, ela também saudável.
Velha: a menina não sabe. Pode ter passado ou apanhado agora a gripe. E depois, como é? Vai infectar pessoas!
Eu: olhe, cada um sabe de si. Eu sei que sou saudável. A senhora acha que se eu estivesse doente sequer saía de casa? Não sou irresponsável.
Velha: mas a menina não sabe se ela está doente ou não. Não pode dar beijinhos.
Eu: olhe, vamos ficar assim. Eu sei que sou saudável e sei que ela também é. Tenho uma filha pequena, acha que punha a vida dela em risco??
Velha: não sei.
Eu: ó minha senhora, meta-se na sua vida e pronto.
Velha: não precisa de falar assim.
Eu: ah não? A senhora ofende-me e quer que eu lhe fale bem?
Velha: eu não a ofendi!
Eu: ofendeu sim senhora. Meta-se na sua vida e acabou a conversa!

Nisto saí da sala e entrei com a cabeleireira no gabinete de estética. Aí é que ela me explicou: como estava com as alergias em alta, fartou-se de espirrar. A velha, que costuma ser penteada por ela, recusou-se a isso e mandou-a manter-se longe. Lá dentro ouvi a dona do salão a ralhar com ela e a dizer que ela não pode falar assim com pessoas que não conhece. E a velha a estrilhar, que eu podia estar doente e tal e tal. A minha vontade foi só uma: ir lá e dar-lhe dois beijinhos também, para ver se ela aprende. Às tantas não morria de gripe mas morria de ataque cardíaco, por ter uma pessoa "doente" a pegar-lhe uma "doença" mortal...

Há gente muito, muito estúpida. E eu tenho muita tendência para me deparar com gente desta...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 2/2




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Para vocês





Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D