Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O lado bom

16.07.10
Há sete anos e um mês (isso mesmo: sete anos mais um mês) saiu uma reportagem sobre blogs na Visão. Na altura eu trabalhava em Alvalade, numa sub-cave com um jardim porreiro, com uma equipa de quem ainda hoje sou amiga, para um patrão que ainda hoje me liga para saber se eu estou bem e a quem eu ligo para saber se está bem. Acho que isto diz muito da empresa em questão. Adiante.

Era quinta-feira, o meu colega Filipe comprou a Visão, eu folheei e parei na reportagem sobre os blogs. Não fazia a mínima ideia do que era aquilo mas, curiosa como sou, quis ir ver, experimentar. E nasceu uma coisa chamada "O outro lado da lua". Durou não sei bem quanto tempo. Mas um dia, já não sei porquê, mudei e nasceu o "Boneca de Papel". Que durou até o lado mau da blogosfera - a gentinha energúmena, desocupada, inconsequente e essencialmente parva - me começar a atazanar dia e noite, como se não tivessem vida para além daquilo. Nasceu assim o "Lady Samurai", privatizado, sossegado e tranquilo como era suposto. Depois, quando surgiu a minha filha, criei um outro blog onde registei todo o percurso, todas as ansiedades, todas as certezas, todos os momentos. Depois, cansada do discurso exclusivamente maternal - eu, que não sou exclusivamente mãe -, resolvi mudar de novo e foi assim que nasceu este blog.

Sou a mesma pessoa que, movida pela curiosidade, criou "O outro lado da lua". Mudei, claro, nestes sete anos, como toda a gente muda em sete anos. Deixei de viver com os meus pais, vivi sozinha 4 anos, bati com a cabeça nas paredes mil vezes, ri, chorei, desesperei, fui muito feliz, tive uma filha, casei, tenho outro filho a caminho e de maneiras que é isto. Mas, no essencial, sou a mesma pessoa que era quando tudo começou.

Acontece que o blog (chamo-lhes "o blog" porque, apesar de terem sido vários, para mim é como se fossem apenas um) também me trouxe coisas muito, muito boas: as minhas melhores amigas, pessoas que conheci e que me ensinaram muito, pessoas que, não tendo conhecido pessoalmente (ainda), me dão mais amizade do que muitos amigos do mundo dito real.

Uma dessas pessoas, em particular, teve hoje o mérito de mudar o meu dia. Uma lembrança enviada, um texto a acompanhar. E foram essas palavras que me tocaram. E é por isto, pelos gestos de carinho, pela amizade, pelos sorrisos, que escrever num blog continua a valer a pena.

Por isso, muito, muito obrigada, Filipa! Do coração!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Para vocês





Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D