Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


London calling

15.01.13

Ontem, graças ao post da Me, fui vasculhar o baú de recordações da minha viagem a Londres. Está quase a fazer três anos... E foi, se não estou em erro, a última vez que entrei num avião (saudades de voar: muitas!). Fiquei com muita vontade de regressar a Londres. Muita mesmo. Um dia destes (daqui a uns dois anos, talvez!), voltamos àquele sítio de que gostámos tanto e onde poderíamos, de certeza, viver.

 

[E, de caminho, voltou a vontade de viajar: NY, Paris, Roma, Amesterdão, Istanbul, Marraquexe, Casablanca, Cairo, Kyoto...]

 

[Euromilhões, babe, podes vir!!]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Verbo ir

02.09.10
Quando comecei a pôr o rabo em aviões com mais frequência percebi que adoro mesmo esta coisa de viajar. E decidi que teria que pôr o rabo num avião (em dois, ida e volta, pronto) pelo menos uma vez por ano. Depois foi isto:

2003 - Itália (Florença, Veneza, Bolonha e Pisa)
2004 - Cabo Verde (Sal e Santiago)
2008 - Espanha (Barcelona) e França (Cannes)
2009 - Marrocos (Marrakech, mas de carro), Itália (Roma, Florença e Veneza), Marrocos (Tanger - e não foi de avião, foi novamente de carro)
2010 - Inglaterra (Londres), França (Paris)

Portanto, não cumpri a promessa de viajar todos os anos. Mas, se fizer a média, dá mais do que uma viagem por ano. Em 2011, se houver viagens, será só mais no final do ano, que os primeiros meses vão ser passados de volta do pequeno ser que me habita as entranhas. E, sinceramente, já me começa a apetecer viajar com a prole e não apenas com o marido (e acho que ela também merece umas férias, pronto!). Não me considero nada viajada. Falta-me conhecer muito, muito mundo. Mas, para já, a viagem de sonho a dois é NY e a 4 é qualquer coisa que meta programas Tudo Incluído, com praia, bom tempo e pouco com que me preocupar (Brasil, por exemplo). Quem sabe... (era um euromilhões aqui para a mesa do canto, por favor!)...


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

De volta

28.05.10
Não foi uma viagem boa. Não me diverti, não aproveitei. Ok, tive uma tarde para andar a apanhar metros de ponto turístico em ponto turístico e consegui ver 4 coisas que queria ver. O resto do tempo foi a trabalhar. E a carregar malas.

Ao fim de 12 dias, tudo o que eu quero é não pensar em trabalho. Descansar. Sossegar. Dormir. Esquecer que fui a Paris.

(O meu corpo arranja esta forma gira de bloquear as coisas. Na minha cabeça, esta foi a 2ª pior viagem de sempre - ainda nada conseguiu ultrapassar a última ida a Marrocos. Estou em negação. Paris? No, thanks!)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Paris, a cidade mais romântica do mundo

24.05.10
Bullshit. Não é. Mais: não achei isto NADA romântico. E sim, ainda andei por aí, não estive só enfiada na Paris Expo. A coisa mais romântica que vi - e que tenho uma pena de não ter fotografado - foi um casal hoje, a entrar para o Metro. Deviam ter uns 17 ou 18 anos e estavam ambos vestidos de marujos. Ele de camisola às riscas, calças brancas e chapéu branco, ela de saia rodada, meias pelo joelho e camisa, tudo branco. Estavam mais miúdos com eles, vestidos de igual. Calculo que seja uma farda de colégio qualquer.
Bom, se calhar é por não ter vindo com o meu marido. Mas mesmo sozinha não senti frisson romântico nenhum. Zero.

Para mim, a cidade mais romântica continua a ser Roma. E a mais vibrante, viva e interessante, Londres, claro.

Tenho que voltar cá, com ele, para rever a cidade e conhecer alguns sítios onde não consegui ir agora. Se estou ansiosa por isso? Não. Aliás, acho que antes de aterrar novamente em Paris sou capaz de aterrar em 5 ou 6 sítios que me "chamam" mais do que isto. Exemplos: Amesterdão, Copenhaga, Praga, Marrakech, Santorini, Viena, Lisboa. Isso, até Lisboa me apetece mais do que Paris...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Mais se informa que...

24.05.10
Aparentemente trouxe o bom tempo comigo para Paris. Tenciono levá-lo de volta. Estiveram 29º hoje. Para quarta-feira a previsão bate nos 17º. Azarucho.

Em Lisboa a coisa vai rondar os 25º. Repito: trouxe o bom tempo comigo para cá e vou levá-lo de volta a casa. Sorry, Elite, mas há coisas de que não abdico. Sol e calor são duas delas...!

Autoria e outros dados (tags, etc)

E eis que...

23.05.10
... às 20h30, hora local, já eu estava no quarto do hotel, pijama vestido, net ligada, a responder a mails do trabalho. Agora, uma hora depois, vou desligar a net, deitar-me na cama a ver episódios (só trouxe Nip/Tuck, Gossip Girl e How I Met Your Mother) até me doer o rabo. Depois hei-de deitar-me e ler um bocado (umas duas páginas, vá). E depois, lá para as 23h, hora local, estarei a dormir...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coisas sobre Paris

22.05.10
- Mulheres no geral bonitas.
- Muito mais homens bonitos do que eu espera ver por aqui.
- Tudo gente mal-educada, ninguém respeita fila para coisa nenhuma. É chegar e andar.
- Tudo tarado pelo iPhone. Em cada 10 pessoas, 9 têm iPhone (a outra tem Blackberry).
- Muita da "moda" que se vê em Lisboa está pra lá de ultrapassada, quando olhamos para Paris.
- Cabelos, roupa, sapatos... as francesas arriscam muito!
- Uma porcaria de um chocolate quente bate nos € 4,00 sem problema nenhum (em qualquer lado, não é em nenhum bar super-chique).
- Transportes muito, muito bem organizados. É muito fácil chegar a qualquer lado nesta cidade.

Haverá mais... depois.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

De hoje a uma semana

13.05.10
Estarei à Paris, em modo "vou ali montar um stand e já venho".

Autoria e outros dados (tags, etc)

Paris de França

12.05.10
Acabei de comprar os bilhetes para Paris. 6 dias a trabalhar. Na verdade serão 12 dias de trabalho seguidos (sim, que o facto de eu ir para lá trabalhar um fim-de-semana não significa nada). Cansaço. Mas muita vontade de ir... Principalmente porque a querida Elite vai arranjar programinhas chiques (eu alinho numa coisa daquelas do barco, na boa!) para estes dias em Paris!

Parte má: vou com o Sheik. E quem é o Sheik? É o meu colega magrebino que, por qualquer razão genética, acha que a melhor maneira de montar um stand é passeando à volta dele com as mãos nos bolsos...

Ah, e não, ainda não conheço Paris. E também não vai ser desta que vou conhecer como deve ser... é que dias de 10 horas de trabalho não dão espaço de manobra para grandes passeatas... Mas quero ver a Santíssima Trindade (Torre Eiffel, Louvre e Notre-Dame), nem que seja de passagem...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escapadinha

21.04.10
Esqueçam o Algarve. Esqueçam a Costa Alentejana.

Que tal uma escapadinha até Marvão? Para quem não conhece, fica no Alto Alentejo. E o sítio em questão é giro, giro, giro.

Vejam aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Há um ano...

08.04.10
Ait Benhaddou, Marrocos

Uma das viagens que mais vontade me deu de conhecer o resto do mundo. E Marrocos como deve ser.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Sobre Londres, para a Blueberry Nights.

05.04.10
Não visitei o palácio por dentro (que eu não sou de entrar em casa das pessoas sem ser convidada!). Vi por fora, no domingo de manhã. Atenção ao seguinte: o render da guarda é às 11h, dia sim, dia não. Dizem eles que da Primavera até ao Outono é todos os dias, mas quando eu fui ainda era dia sim, dia não. E foi no Domingo. Portanto calculo que haja dia 3, Sábado.

Metade das linhas de metro estão fechadas ao fim-de-semana, por causa de obras. Portanto, é programar as coisas para andar de bus - coisa que, quanto a mim, é muito mais gira! Vês a cidade por cima e vale bem a pena.

Do tempo: frio, nuvens, chuviscos ocasionais. Só na 2ª feira, dia em que viemos embora é que choveu em modo London Style: chuva fraquinha, mas ininterrupta.

Se precisares de mais dicas, maila-me.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Londres: o pior

31.03.10
O hotel. Voámos na EasyJets e ficámos no EasyHotel de Paddington. A zona de Paddington é fantástica, mas aquele hotel... deixem ver se me faço entender.

Imaginem um hotel pequenino. Imaginem que vos calha um quarto na cave. Imaginem que descem as escadas e em frente, à esquerda, está a porta do vosso quarto. Imaginem que abrem a porta com o cartão. Imaginem que entram. Imaginem que caem para o lado. Foi mais ou menos o que me aconteceu.

Porta. À direita, parede até ao fundo do quarto. Uma janela (já lá vamos). A cama encostada à parede do fundo do quarto. À vossa esquerda, a porta da casa-de-banho que, para manter a coisa numa de Easy, é do tamanho de uma casa-de-banho de avião (e não estou a exagerar). Corredor. Uma virada à direita. A parede do topo é onde a cama encosta. Sim, o quarto é do comprimento da cama. Um dos lados da cama encosta à parede (ou seja, temos 3 lados da cama encostados: cabeceira, pés e lado esquerdo), o outro dá para um espacinho com 30 ou 40 cm, ladeado pela tal parede que separa o quarto da casa-de-banho.

Portanto a coisa funciona assim: quando um está no chão do quarto, o outro tem que estar em cima da cama ou na casa-de-banho. Quando estamos na cama, as malas têm que estar em pé, fechadas, encostadas à parede do fundo do quarto. Dá para perceber a ideia?

A janela: imaginem que até pagam mais não sei quanto porque sim, querem um quarto com janela. E que a dita dá para um bocado de terreno que vocês nem conseguem ver. E que, por cima, há tijolo de vidro, que faz de passeio, na rua. E que este bocado tem luz fluorescente todo o dia e toda a noite. E que, portanto, têm que arranjar forma de tapar a janela que afinal não faz falta para nada, não impede que se sintam fechados num bunker e não vos deixa dormir, com a claridade. Épico, no mínimo.

Maneiras que é isto. Se aconselho? Não. Se era limpo? Sim. Barato? Sim. Bem localizado? Sim. Isso tudo. Mas não me apanham lá outra vez, não!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Londres: hilariante

30.03.10
Domingo à noite, no restaurante. Grupo de três jovens portugueses, do Porto (só interessa por causa do sotaque, para visualizarem a coisa). A dada altura...

A: Foi a primeira vez que andei de avião.

B: Ah foi? E que tal?

A: Taparam-se-me os ouvidos.

C: Faz assim: quando o avião for a subir ou a descer deixa a boca aberta que assim a pressão atmosférica que tens na cabeça já pode sair.


No comments, ok?...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

E ainda...

30.03.10
Último dia.

Acordar e tomar o pequeno-almoço no sítio do costume. Apanhar o 15 para Oxford Street. Primark. Compras, compras, compras. Selfridges. Compras. Mais uma vez resisti à tentação dos livros. Apanhar o 15 para Paddington. Souvenirs. Malas. Apanhar o 36 para Victoria Station. Apanhar o Gatwick Express. Meia hora depois, aeroporto. Voltinha por lá. Estacionar na monumental fila de check-in da Easy. Uma hora para fazer check-in porque o sistema foi abaixo e tiveram que fazer check-in manual. Almoçar no Burger King. Correr para a porta de embarque porque no painel dizia "flight closing". Fila. Entrar no avião. Mais duas horas e tal à espera que o avião partisse. Sim, atrasou três horas. TRÊS HORAS...

Ler, ler, ler. Gramar com putos na idade do armário. Gramar com executivos armados ao pingarelho. Dormir. Ler. Descolar. Ler. Comer. Aterrar. Mais 45 minutos até chegar ao carro. Voar para casa.

Home, sweet home.

Começar a pensar em quando é que será boa altura para lá voltar. Amanhã?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

E depois...

30.03.10
Segundo dia.

Acordar, pequeno almoço na Bonne Bouche, uma pastelaria excelente mesmo ao pé do hotel (na Praed Street) e seguir viagem. Sussex Gardens, em direcção ao Hyde Park. Percorrer o Hyde Park até chegar aos jardins que ladeiam o Palácio de Buckingham. E, ao chegar à entrada do palácio, achei que tinha chegado à aldeia dos macacos: carradas de gente com a cabeça enfiada entre as grades, a olhar para os guardas lá ao fundo, na vidinha deles... Parolice. Perdemos o render da guarda por hora e meia, mas como queremos voltar não há problema.

Seguir para Westminster, Big Ben, passar a ponte a pé, London Eye, The Globe Theatre, passar a ponte novamente para cá, caminhar até Trafalgar Square, almoçar, apanhar autocarro para St. Paul's Cathedral, continuar a pé até à Millennium Bridge, regressar, ir a pé até à Tower of London, cirandar por ali, atravessar a Tower Bridge duas vezes, apanhar autocarro para Paddington. E quem conhece Londres sabe: andei pa caraças (para não dizer pior).

Como ainda era cedo fui dormir um bocadinho, ele foi passear pelo bairro e depois lá fomos jantar novamente ao Villa Rosa.

(Continua...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

De Londres (ainda sem fotos)

30.03.10
Ficar em Paddington - e, do que vi, não podia ter ficado em melhor sítio. Ok, podia, em Portobello... Ou em Notting Hill.

Chegar lá tarde, as linhas de metro estarem fechadas (a grande maioria) devido a obras, não perceber peva do sistema de autocarros e resolver apanhar um táxi até ao hotel. Passar no Royal Albert Hall e numa data de clubs cheios de gente gira (a encalorada) à porta. Vi, inclusive, uma Carrie a sair de um club, vestido acetinado cor de rosa choque, casaco de pêlo preto, pumps altíssimos, clutch na mão, a chamar um taxi. Igualinha à Carrie.

1º dia: sair de Paddington em direcção a Notting Hill. Passear em Portobello. Encontrar a livraria que podia ser a minha casa: Books For Cooks. Comprar um livro de receitas da própria livraria. Do outro lado da rua, a livraria que inspirou o Notting Hill: The Travel Book Shop. Continuar o caminho em busca da Pastelaria Lisboa. Segundo pequeno-almoço de café (Sical) e pastel de nata. Andar quilómetros a pé até chegar a Piccadilly, Oxford Circus, China Town. Pelo meio, gastar imenso tempo na Waterstones, que são só sete andares de milhares de livros. Comprar dois (da Nigella). Apenas dois - ainda estou para saber como é que consegui resistir à tentação, mas pronto... Regressar à Oxford Street, apanhar o 15 e sair mesmo à porta do hotel. E sobre este hotel terei que escrever um post à parte...

Ir jantar ao Villa Rosa, 9 Craven Road, um restaurante italiano de portugueses. Bom e muito barato, mesmo perto do nosso hotel.

(Continua...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Já cá estou...

30.03.10
... mas dêem-me meia horinha para moderar comentários que foram cá deixados na minha ausência.

P.S.: AMEI! E não me queria vir embora...!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Por esta hora...

29.03.10
À hora a que este post for para o ar estarei eu já de volta ao aeroporto de Gatwick, quase a descolar de regresso a Lisboa. Isto é, se:

a) não me cruzar com nenhum dos intervenientes abaixo;
b) não decidir que quero ficar ali para sempre e vier só buscar a minha catraia;
c) perder o avião por qualquer motivo, tipo adormecer ou assim.

See you soon!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Checked-in

26.03.10
E a maravilha que é o check-in online, hum? Wonderful indeed!! Ou seja, estou sentadíssima na minha secretária mas faz de conta que estou na fila do check-in... agora faltam duas pessoas... agora é a minha vez... plim! Checked-in! Sigaaa!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

A esta hora...

26.03.10
... o meu easy plane estará a iniciar as manobras de descolagem, rumo a norte. Long live the Queen...

Falso alarme: o agendamento do post foi porreiro e publicou-o logo. Maravilha! Portanto não, ainda não estou em London... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

London calling

26.03.10
É hoje. Desde miúda que sonho ir a Londres. Adiei durante 18 anos, vá, que antes disso tinha autonomia zero e podia lá decidir onde queria ir. Mas hoje cumpro mais um sonho. E daqui a dois meses, se tudo correr bem, cumpro outro. Há dois anos cumpri outro: Barcelona. Porque, para mim, viajar é das melhores formas de aprender (e crescer e amadurecer e tal).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Errr...

24.03.10
... Como dizer isto?

Fui almoçar. Praia. Sol. Mar ao fundo. Praia. Sol. Já disse? Pizza. Fome. Sede. Sangria. Nem estava grande coisa, a gaja. mas desapareceu. Mapas de Londres. Um plano de viagem personalizado, com passagem por tudo o que eu quero ver nesta primeira ida lá. Explicação dos mapas. Calor. Muito. Sede. Sangria. Café. Calor. Daquele que dá direito a desmaio. Regresso. Sono. Dor de cabeça. Letras e números pequeninos. Sono. Sooooooooono!!! Café. Já a seguir.

E fiquei cansada só de olhar para o programa do fim-de-semana... é lá que vou perder os 4kgs que me faltam, sabiam? Ó ié!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Paris, je t'aime!

03.03.10
Bom, a verdade é esta: Paris, je ne sais pas si je t'aime, mais je vais découvrir!

Em Maio, Paris, here I go... (ups... ici je vais!)

[Post obviamente cheio de gralhas!]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Verbo IR

24.02.10
Tive que ir há bocado a uma agência de viagens tratar de umas coisas aqui da empresa. Trouxe uns catálogos de viagens que adorava fazer. E fiquei a saber que está tudo muito mais barato do que eu pensava...

Prémio de consolação: vamos a Londres daqui a um mês e pouco. E Londres é um sonho para mim... Portanto nem tudo é mau!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Alma de viajante

05.01.10
É o que eu tenho. Por mim, passava a vida de aeroporto em aeroporto, de cidade em cidade, a conhecer este mundo e o outro. Mas não tenho Champallimaud no nome, não me saiu o Euromilhões e não desenterrei nenhuma arca com um tesouro, portanto faz-se o que se pode.

Conheço pouquíssimos países (Espanha, França, Dinamarca, Itália, Marrocos e Cabo Verde) e mesmo destes falta-me conhecer uma data de sítios que considero imperdíveis (Madrid, Paris, Nápoles, a Ilha da Boavista e Marrocos quase de fio a pavio). Mas estou prestes a juntar à lista uma da minhas (nossas) cidades de sonho. Londres. Este ano, se não formos a mais lado nenhum, vamos pelo menos a Londres. É a nossa prenda de aniversário um para o outro (visto que fazemos anos com 11 dias de diferença).

O meu medo é apenas um: e se me apetece ficar por lá? É que esta é daquelas cidades onde eu acho que podia perfeitamente viver!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sonhos

09.12.09
Eu sonho com:

- Londres: andar por ali meio perdida, passear em Notting Hill, ir a Portobello Road, apanhar um taxi, ver museus, ver a Bridge...
- Japão: Kyoto, essencialmente. Ir ao Gion, ver as gueixas, fotografar as gueixas, ver as cerejeiras em flor, meditar...
- Copenhaga: regressar aos 25cm de neve, sentir aquele frio gelado nas mãos e no nariz, rever as casas, a Pequena Sereia, o rio gelado.
- África: mas África a sério, fazer um safari, ir ao Kruger Park, ver natureza a sério.
- Jordânia, Israel: porque sim.
- Marrocos: como deve ser, com tempo, em turismo, ver Casablanca, Fez, Chefchauen, Agadir, Marraquesh, Merzouga. Dormir no deserto. Ver tuaregues como deve ser.

Mas o sonho dos sonhos é e será sempre, até o concretizar...

Nova Iorque.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma viagem... atribulada

30.11.09
Estou (finalmente) de volta. Foi a pior viagem da minha vida.

Saímos daqui quarta às 18h30. Chegámos a Algeciras as 3h. Dormimos duas horas. Fomos para o porto para apanhar o barco às 6h30 (o barco saía às 7h30). Acontece que nos países árabes este fim-de-semana foi a Fête du Mouton, que é como quem diz, a festa do cordeiro (um equivalente muçulmano à Páscoa, em termos de importância) e o porto estava cheio de marroquinos a caminho da terrinha para a festa de família. Portanto, não apanhámos o barco das 7h30 nem o das 8h30. Próximo barco: 12h30. Acontece que o barco das 12h30 chegou às 15h. Portanto apanhámos barco às 16h30. Façam a conta ao número de horas que passámos paradinhos no porto, sem wc, sem comer, sem beber, sem nada...

Os barcos que partem de Algeciras, ao contrário dos que partem de Tarifa, demoram duas horas a fazer a travessia (contra os 45 minutos de Tarifa). Chegámos a Tanger às 18h30, mais coisa menos coisa. Quem vai de carro safa-se depressa. Quem vai de carrinha morre de seca à espera para entrar. Mais ainda quando tem uma data de outras carrinhas à frente que estão carregadinhas até aos olhos porque os marroquinos aparentemente acham que este é um fim-de-semana bom para mudar de casa e toca de voltar à base com as carrinhas atafulhadas até cima mais um pacotão de mercadoria no tejadilho da carrinha. E os senhores da fronteira, expeditos e preocupados, tiram TUDO das carrinhas cá para fora e inspeccionam tudo, o que, como devem calcular, não é um processo rápido.

A nós, que levávamos mercadoria para entregar a um cliente, disseram-nos que teríamos que pagar 60% do valor da factura para poder entrar com o material e teria que ser no dia seguinte porque nesse já não estava lá a pessoa responsável. Ali andámos, a tentar resolver a coisa, até que às 21h nos decidimos a ir embora, deixar a carrinha e procurar hotel para podermos descansar. Eram umas 22h quando nos sentámos a jantar (e a almoçar e a lanchar)...

No dia seguinte, já bem mais descansados, tentámos resolver a coisa (ou pelo menos perceber como se resolvia) com telefonemas para Portugal. Decidimos regressar a Espanha e tratar do processo lá, se possível. Pelo caminho disseram-nos (alguém espanhol a trabalhar em Tanger) que teríamos que pagar uma multa qualquer para voltar a entrar em Espanha e eu comecei a achar que ia ficar também presa no porto de Algeciras, sem andar para a frente nem para trás. Vimos gente a ser presa por estar a tentar passar para Espanha agarrada à parte de baixo de um autocarro (assim pendurados por baixo, como nos filmes, imaginem...). Apanhámos o barco de regresso a Espanha às 16h30, o barco saíu às 18h e demorou duas horas a chegar... Na alfândega espanhola não tivémos problemas e conseguimos ir jantar às 20h30. Fomos para o hotel, instalámo-nos e pronto.

Sábado de manhã arrancámos para Lisboa às 10h30, chegámos às 17h30, sem precalços.

Foi a pior viagem da minha vida. Meteu um ataque de pânico (que ninguém notou, porque já os sei controlar sem dar espectáculo), meteu muita vontade de bater em alguém, meteu muita sensação de impotência e, acima de tudo, muito cansaço. Serve de história para contar: os dias em que eu estive presa na alfândega de Tanger...

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

27.11.09
... Se eu me vejo fora deste pais julgo que é mentira...!!! Nunca me senti tao presa, tao impotente, tao... desesperada por voltar para casa...!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tanger

27.11.09
Estou em Tanger. Stop. Nao estou a ver jeitos de sair daqui nos proximos dois dias. Stop. Estou farta. Stop. Esta complicado. Stop. Era suposto ja estar em casa desde ontem a noite. Stop.

Ate ja...

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

Pesquisar no Blog  








Para vocês





Partners







WOOK - www.wook.pt












Eu e os Livros

2013 Reading Challenge

2013 Reading Challenge
Lénia has read 2 books toward a goal of 30 books.
hide

Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D