Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Métodos

02.12.13

O meu método de arrumar a casa é o melhor. Chama-se "completamente aleatório e sem jeito nenhum" e resulta (pouco!). Faz-se assim: entra-se numa divisão, apanha-se qualquer coisa que esteja desarrumada e arruma-se. 90% das vezes, perto do lugar onde se foi arrumar a coisa anterior está outra coisa qualquer desarrumada. Se for o caso, pega-se nessa coisa e arruma-se. Repete-se o processo anterior umas 50 vezes e no fim, além de estarmos zonzas, temos a casa arrumada. Acreditem... tudo é melhor do que fazer as coisas desta maneira!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

To do

21.11.13

Escrevo-vos, quase sempre, em directo da minha sala. E preciso de dar uma volta à dita. Olho à volta e vejo demasiada confusão. Demasiada tralha que não me faz falta (sou adepta do "pode ser que seja preciso, um dia!"... how stupid is that??). Portanto, vou pegar em mim e vou anotar tudo o que preciso de fazer aqui

terminar de montar o álbum de casamento (estamos a caminho dos cinco anos de casados...)

arranjar maneira de guardar os dossiers sem estarem à vista na estante-biblioteca

arrumar os tecidos

arrumar os pratos de bolos, as caixas de bolos e a lazy-susan que uso para decorar os bolos

arrumar a zona de costura

dar destino a um caixote que aqui ficou "trato disso já a seguir" e que já aqui está há quase dois anos...

devolver a vontoinha aos meus pais

etc...

e fazer efectivamente tudo o que estiver na lista. Ir fazendo, mas a uma velocidade que se enquadre na normalidade. E não ter que escrever sobre isto daqui a uns tempos...

 

[Procrastinadora, eu??? Não sei porque é que dizes isso!!!...]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tarde

26.10.12

Hoje, ao contrário do que é normal, não me deitei cedo, não li, não vi um episódio de uma das minhas séries, não adormeci antes de ser um dia novo. Hoje, ao contrário do que é normal, gastei o meu serão a preparar-me. Organizei trabalho, organizei agendas, organizei listas de tarefas, organizei ficheiros, organizei ideias. Essecialmente foi isso: organizei ideias. E é tão bom...

 

Amanhã começo o novo horário. Auto-imposto, estruturado, direitinho que é para ninguém se perder. É engraçado como eu, que sempre fui uma pessoa a quem demasiados planos faziam urticária, agora vivo muito melhor quando tenho tudo planeado. Já tinha estruturado as actividades a miúda ao longo da semana (não são muitas: duas vezes natação, duas vezes fazer uma ficha do pré-escolar, o resto do tempo é livre para brincar). As minhas coisas iam sendo feitas no intervalo das dela, meio ao sabor do vento, sem saber muito bem qual ia ser o coelho a saltar a seguir da cartola. Agora os coelhos estão etiquetados e têm senha, são atendidos por ordem de chegada e a coisa cumpre-se muito melhor.

 

Gosto disto, sabem? De, de vez em quando, pôr a minha vida em cima da mesa, dividi-la em unidades e alinhar tudo num calendário. E se até agora o calendário era virtual, agora deixou de ser. Há um google calendar a que só falta piscarem luzes. Tudo colorido, bonitinho. Tão bom!

 

E de repente a minha cabeça ficou mais leve. Sei o que tenho a fazer, mas já não tenho que me preocupar com o que não posso mesmo esquecer ou ter medo de estar no sítio A quando devia mesmo era estar no sítio B. Quem diria que eu, Marianne Maria, um dia havia de me transformar nisto...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tão bom...

14.09.12

Com os novos horários da miúda, ando a reorganizar os nossos horários familiares. E, com a reentré, ando a reorganizar-me no que respeita aos meus trabalhos e às minhas tarefas. Ando a meio gás, cortesia das "obras" e das pinturas e das limpezas, mas a coisa vai indo. E tem corrido bem. Não nos atrasamos de manhã, à noite jantamos mais cedo, os miúdos também se deitam mais cedo... E eu acabo por ficar com um pedacinho de serão para mim, para ler, ver TV, ver um filme, escrever...

 

Agora o que dava mesmo jeito era conseguir manter isto assim... sempre!

 

 

 

[Coisas que me ajudam MUITO nesta questão da organização:

 

- Fazer ementas semanais e não ter que perder tempo e energia todos os dias a decidir o que fazer para jantar (e acabo por poupar muito dinheiro porque, antes de fazer as ementas, o normal era pensar em qualquer coisa e ir ao supermercado comprar o que me faltasse; agora vejo o que tenho e decido o que fazer com base nessa informação. Ou seja, vou muito menos ao supermercado e gasto muito menos dinheiro).

 

- Preparar as manhãs de véspera: negociar com a miúda o que vai ser o pequeno-almoço, entre outras coisas. Isto evita uma briga logo de manhã, comigo a apressá-la e ela a protelar...

 

- Ir fazendo listas do que preciso de fazer... e ir riscando itens dessa lista!

 

Se estão naquela fase de puxar cabelos por não saberem como agilizar melhor a vossa vida, façam uma visita à Rita. Ninguém melhor do que ela para nos dar dicas... ainda por cima é minimalista, ou seja, não faz nada nem aconselha nada que não seja mesmo necessário... (eu não sou minimalista, mas sou preguiçosa, coisa que faz com que eu também não ache grande graça a ter trabalho só por ter...)

 

Muito do que aprendi e hoje já faz parte da minha rotina veio precisamente da Rita, portanto vão lá que não se arrependem!!]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Roon with a view

23.01.12

Mudei o escritório/atelier/sala de costura. E agora trabalhar ao lado da janela é todo um mundo novo. Música brasileira todó dia a berrar-me aos ouvidos (ai se eu te pego, ai, ai, assim você me mata... - really??). Gente a gritar de janela para janela. Buzinas. Aceleradelas. E luz, muita luz. E é bom!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Imperativo

09.01.12
"Gabam-me" imensas vezes a organização, a capacidade de fazer, a esquematização. Tudo isto são coisas que adquiri nos últimos tempos, por culpa daquela que é a minha caraterística mais marcante: a preguiça. Se eu não fosse preguiçosa não precisava de metade da esquematização a que me obrigo. Mas sou. Prefiro mil vezes não fazer nenhum a mexer uma palha. Acontece que já não tenho 14 anos e uma mãe que me faz tudo, 365 dias por ano, portanto tenho mesmo que me mexer.

Quem tem miúdos (e padece do mesmo mal que eu, a preguiça), sabe que é impossível manter uma casa 100% organizada. Acontece também que aprendi uma coisa com os senhores franceses (com a Elite, na verdade): "impossible c'est pas Français!". Ou seja, impossível... o caraças!

Tenho é que ir por partes que eu não sou moça de conseguir domesticar o monstro num fim-de-semana. Nas minhas deambulações pela internet deparei-me com isto: 52 weeks to an organized home. A ideia é ir organizando a casa por etapas e, obviamente, manter o que foi sendo arrumado. Comecei com o primeiro desafio: bancadas da cozinha. E agora tenho aquilo de tal maneira arrumado que não admito um palito fora de sítio. Sabe bem.

(E o próximo passo, apesar de no programa só aparecer em novembro, é o quarto dos miúdos e a carrada absurda de brinquedos que por lá andam!)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tempos

18.10.11
Apercebi-me há dias do que é que potencia a minha organização: não perco tempo entre tarefas. Bem, perco o mínimo essencial. Coisas como deslocações, arrumações, etc. Não gasto tempo encostada à bancada da cozinha, nem a ver tv sentada no sofá.

Uma ideia: saio do trabalho, conduzo até casa da minha mãe, para ir buscar o miúdo. Quando lá estão os dois (porque a minha mãe foi buscar a miúda à escola) é pô-los no carro e seguir viagem (se eu estiver assim com muita fome, lancho lá, mas no geral não acontece). Chego a casa, desmonto o carro, dispo os miúdos, ponho-os na banheira. Se o jantar é coisa de Bimby ponho-o a fazer antes disto. Se não é, não há tempos mortos. Visto os miúdos, preparo o cenário para os jantares. Dou jantar ao miúdo enquanto ela brinca um bocado no recreio dela (o recreio dela é o hall da casa: foi convertido em playground e já nem sentimos falta de um hall como têm as pessoas normais).

Quando ele acaba de jantar vou mudar-lhe a fralda e deitá-lo. Nós jantamos. Arrumo a cozinha (ou arruma o marido), preparo a miúda para a cama e siga. Por norma, em cima das 21h30, 21h45 consigo estar sentada a costurar. Dependendo do que tenho que fazer, deito-me em cima da meia noite ou às três da manhã. De manhã é o mesmo andamento. Sem paragens, para o tempo render.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A capa

23.09.11




(Mais detalhes na porta ao lado).

Autoria e outros dados (tags, etc)

A minha GTD - post longo

14.09.11
Pediram-me que mostrasse a minha agenda GTD. Cá vai. Adaptei o conceito à minha vida. Incluí coisas que me fazem falta e excluí outras que não me faziam falta nenhuma. Criei templates em Excel para servirem as minhas necessidades. Tenho-me dado muito bem com isto. Ainda hoje mandei um mail à Busy Woman, a falar do assunto.

Então vamos lá. Uso um simples dossier A5, comprado na Staples. Não o decorei, nada. É simplesmente um dossier cor-de-rosa (cor de que me vou fartar daqui a uns tempos, mas adiante).

O início
Eu sou uma miúda que gosta de coisas de miúda, incluindo canetas coloridas. Costumo actualizar a agenda no comboio e não estou para andar a pescar canetas na mala. Precisava de um estojo que andasse sempre com a agenda. Vai daí fiz um estojo "com argolas", para o poder ter sempre no dossier. Já vi várias pessoas espantadas a olhar para o dito (no comboio, lá está) e o que é facto é que cumpre o seu propósito!

Logo a seguir ao estojo tenho duas micas onde guardo papéis de que preciso e que não quero perder. Sejam recibos, multas (olá, Emel), ou contas para pagar. Depois em casa esvazio as micas e pronto.
A seguir tenho uma cartolina com uma espécie de índice, para saber a quantas ando. Daqui a uns tempos se calhar já não preciso disto, mas por agora dá jeito.

As secções

Inbox: onde vou escrevendo tudo o que me lembro e que não posso, no momento, compartimentar melhor. Depois, quando actualizo a agenda, risco coisas, tiro folhas e começo de novo.
Agenda: a Busy Woman partilhou comigo o modelo de agenda que tinha e é esse que uso, sem tirar nem pôr. É exactamente aquilo de que eu precisava. Vou apontando coisas a fazer, reuniões, consultas, etc. - tudo o que normalmente entra numa agenda. Faço ainda outra coisa: assim que chega uma conta para pagar coloco os dados para pagamento no dia respectivo. Assim, no dia em que é suposto pagar aquela factura, basta-me abrir a agenda e fazer o pagamento. Isto evita que me esqueça de fazer pagamentos por ter deixado as facturas em casa (e evita, obviamente, juros de mora!).
To do - Casa: aqui anoto tudo o que quero fazer em casa. São coisas a médio prazo, que são para ir fazendo: limpezas, arrumações, compras "grandes", etc.
To Do - Blog: contém posts que quero escrever, pessoas que quero contactar, coisas a ler e reler. Enfim, tudo o que tenha a ver com os meus blogs (e que, para quem ainda não percebeu, são uma parte muito importante da minha vida).
To Sew: projectos de costura, coisas que quero procurar, coisas que quero experimentar.
To Do - Kids: coisas que quero fazer com os miúdos. Inclui passeios, vacinas, coisas a tratar que se relacionam em exclusivo com eles.
Money Log: aqui ainda está a versão antiga. Aponto todo o dinheiro que gasto. Nunca tinha feito isto na vida e é, de facto, surpreendente perceber para onde é que vai o dinheiro. Como o meu marido não faz o mesmo, vai ser impossível seguir o rasto de todo o nosso dinheiro. Mas como sou eu que faço as compras e que giro as contas, a coisa vai andando controlada. Já percebi, por exemplo, que gasto demasiado em supermercado. E este money log ajudou-me a reduzir algumas despesas supérfluas, nomeadamente... revistas. 
Entretanto já criei um template para que possa usar apenas uma folha e não tenha que andar carregada de folhas ao longo do mês. É mais prático e a informação fica toda mais acessível.
Menus: aqui organizo a nossa alimentação. Na verdade, já tenho menus preparados até ao final de Setembro... e já quase tenho a 1ª semana de Outubro resolvida. E porquê? Porque nem sempre acontece o que eu planeei e, quando assim é, reposiciono as refeições que tinha pensado. Isto poupa-me tantas, mas tantas preocupações...
To Buy: lista de compras, pura. Não vou com a agenda para o supermercado, obviamente. Antes de ir, consulto esta secção e compilo a informação num papel pequenino. Mas sempre que me lembro de alguma coisa que é preciso comprar aponto e não me esqueço (como me acontecia demasiadas vezes).
Projects: projectos a longo prazo, para ir organizando. Inclui coisas como a festa de aniversário da minha filha, o livro que um dia eu hei-de escrever (fingers crossed!), etc. Uma folha por projecto, para ir alinhavando com tempo.
Orders: é aqui que registo as encomendas que me vão fazendo. Tenho um ficheiro de excel mais completo, mas como não tenho levado o computador para casa todos os dias, não quero chegar ao ponto de estar a costurar sem saber o que fazer a seguir.
Food Log: ando há uma vida em dieta. Ando há uma vida a boicotar dietas. Por isso achei importante anotar tudo o que como (e anoto tudo mesmo!). Isso permite-me perceber exactamente onde errei... só falta servir para eu evitar fazer asneiras. É o próximo passo. Tal como aconteceu com o money log, criei um template de excel, mas aqui ainda está a versão antiga.
Exercise Log: outro apontamento importante para mim. Evita-me não saber o que responder quando me perguntam quando é que corri pela última vez! Anoto tudo: os kms percorridos, onde foi, o tempo que durou, os abdominais que fiz, o número de repetições, etc. Se eu corresse mesmo muito, isto também me permitia saber quando reformar os ténis (que só devem ser usados durante cerca de 800kms. Mas como me falta muuuuito para os 800kms, passemos adiante!).
Recipes to try: receitas que quero experimentar, com as respectivas fontes. Esta informação há-de ir parar aos menus, obviamente. Mas assim anoto as receitas que vou vendo e que me chamam a atenção (e que, de outra maneira, acabariam no esquecimento).
Texts: já disse que, de vez em quando, me dá para escrever no comboio (e na rua, a andar...). Neste separador estão os textos que vou escrevendo. Qual será o fim deles? Pois que não sei... Mas deixo-os estar ali. Agora tenho um conto a meio... quando descer por mim um surto de inspiração pego-lhe e termino-o. É neste separador que tenho mais folhas... Nunca se sabe, não é?
Info: contactos úteis, os nossos dados pessoais, os dados bancários, os NIBs das contas que nos fazem falta. 
E é isto. Não é nada demasiado complexo, mas é uma coisa que cobre todas as áreas da minha vida. Se um dia a perco é que está tudo lixado... (mas nem quero pensar nisso!)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

Pesquisar no Blog  








Para vocês





Partners







WOOK - www.wook.pt












Eu e os Livros

2013 Reading Challenge

2013 Reading Challenge
Lénia has read 2 books toward a goal of 30 books.
hide

Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D