Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Amarelou

12.04.13

Adoro amarelo. Gosto mesmo. É uma cor alegre, que me põe bem disposta e, achava eu, que me ilumina. Repito: achava eu...

 

Até a Rita, quando esteve lá em casa a domar o caos que era o meu armário, me ter feito um teste de cor e me ter posto um pano amarelo à frente... e eu ter ficado imediatamente com um ar anémico, olheirento e carregado. Só aí percebi que o amarelo, quando colocado ao pé da minha cara, não funciona.

 

E, no sítio onde estou agora, acabei de ver uma senhora que tem exactamente o mesmo "problema" que eu...

 

[E foi assim, com o tal teste de cor, que percebi a importância de olharmos com olhos de ver para as coisas e que gostar de determinada cor não basta. É preciso - ou convém, vá - que a cor nos fique bem e nos puxe para cima, em vez de nos empurrar para baixo.]

Autoria e outros dados (tags, etc)

De vez em quando passo-me...

08.04.13

Hoje, por exemplo, roubei os jeans ao meu marido...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

On my feet...

14.03.13

{E porque já me perguntaram isto hoje, em dois sítios diferentes, ficam os créditos.

Primark, €8.

Há mais cores, todas giras. São confortáveis. Não espero que durem cinco anos, obviamente. Mas até são capazes de durar...}

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Intervenção

07.02.13

Vocês que me lêem há mais tempo já sabem: não gosto de falar de roupa.

Portanto, hoje vamos falar de... roupa.

Aqui há dias, quando me fui violentamente abaixo e decidi assumir que não gosto do que vejo quando me olho ao espelho e que não me sinto bem comigo e que precisava de ajuda profissional para dar uma volta ao meu armário, a Rita Varela mandou-me um mail super querido e ofereceu-se para me ajudar. Aceitei (e agradeci muito!!) e fomos combinando as coisas. Estou à beira dos 34 (mesmo ali à beirinha!) e queria entrar no meu ano com um ânimo novo. Combinámos para ontem.

E o que se passou ontem foi uma volta gigantesca ao meu roupeiro e às minhas gavetas e ao meu outro roupeiro e à minha prateleira do camiseiro e às minhas caixas de sapatos (isto para terem uma noção da alarvidade de roupa que por aqui andava estacionada). Tirámos tudo, vimos peça a peça, deitámos fora o que não serve (nem vai servir), o que não gosto de ver em mim, o que não me fica bem, o que estava estragado e o que era muito giro em 1994 mas não é giro agora.

A Rita, cheia de paciência, ensinou-me os truques todos para o meu corpo (que, fiquei a saber, é uma ampulheta). E disse-me uma coisa que me deixou surpreendida: o meu rabo não é assim tão grande. É maior do que era há seis anos, mas não é um rabo gigantesco (juro que não sabia!). Aquilo que quero mesmo disfarçar nem sequer é o rabo. É a barriga... e a Rita ensinou-me a fazer isto sem stresses.

Segundo ela, nem sequer preciso de comprar muita coisa. Dava jeito arranjar uma camisa de ganga, umas sabrinas leopardo e um colar colorido e não muito comprido (fashion-word-alert: na verdade, preciso de um statement necklace...). O resto faz-se perfeitamente com o que já tenho. E tenho roupa versátil que se adapta bem ao meu dia-a-dia (que, convenhamos, não precisa de um guarda-roupa digno da princesa das Astúrias).

A Rita foi fazendo conjuntos com o que tenho, foi-me mostrando opções e a coisa parou num conjunto que eu achei muito "Zé Cabral" (ou seja, o tipo de "descombinação" de roupa que se costuma ver pelos blogs de street-fashion - ou lá como se chama a categoria daquilo). Avisei que não era capaz de sair assim à rua, aquilo era demasiado arriscado ("edgy" é a palavra que me surge, depois de ver muitos programinhas da Tyra Banks - sim, são óptimos para entreter!). Ela mudou uma coisa ou outra e, com a mesma base, criou uma opção muito menos "Zé Cabral", coisa imediatamente aprovada por mim, que vou ser cabide desta coisa toda.

No fim fiquei com o roupeiro todo arrumadinho, separado por peças, organizado por cores. E fiquei com as gavetas arrumadas. E com os sapatos arrumados. Enfim, ficou tudo no sítio, pronto a usar.

 

Lá pelo meio expliquei à Rita que nunca me acontece aquilo de ficar horas a olhar para o roupeiro sem saber o que vestir porque visto sempre a primeira coisa que me aparece, sem pensar mais no assunto. Calha que hoje aconteceu. Porquê? Porque aprendi tanto, fiquei com tantas ideias que me custou saber por qual começar. Mas lá escolhi uma opção que, pasmem-se, é um bocado... "Zé Cabral"!

 

Bom, resultado: cabeça muito mais limpa, muita vontade de melhorar o que há a melhorar (e é taaaanto, senhores!), auto-estima assim uns pontos acima. Há melhor maneira de começar um novo ano?

 

Sobre a Rita: adorei conhecê-la pessoalmente, é super querida, muito divertida e sabe muito bem o que está a fazer. Não é uma daquelas fashion victims afectadas, não fala linguagem de moda, não me fez revirar os olhos, deu-me vontade de saber mais, de conhecer mais, de aprender mais. Para quem liga zero a moda é um progresso, não é? Aconselho MESMO o trabalho dela, que é coisa para ajudar a poupar uma pipa de massa: em vez de irmos a correr comprar roupa porque achamos que o que temos não combina com nada, se aprendermos a combinar o que temos e percebermos o que nos favorece e o que nos atira ao charco, não precisamos de comprar (quase) nada!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Ouch!

25.01.13

Acabei de ver o preview da próxima colecção da H&M (aqui). Só tenho duas palavras:

 

QUE HORROR!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

... e por falar em roupa...

03.01.13

(o tal assunto de que eu NUNCA falo... cof cof...)

 

A MIM ofereceu à minha gaiata uma túnica. Gira, óptima para a primavera que aí vem. A gaiata viu, gostou e agradeceu. A mãe da gaiata viu, gostou e aqui, publicamente, agradece.

 

Obrigada, Marta!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Pára tudo: vou falar de moda!

05.09.12

Cá vai: gira, a Kate Moss no catálogo novo da Mango!

 

(Isto é o máximo que eu consigo fazer, a sério...!)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Aviso

16.07.12

Pode dar-se o caso de, por força da minha recente perda de peso (nove quilos, já disse?), de repente começar a apetecer-me partilhar fotos dos meus "looks" diários...

 

[Nah...! Não mesmo! Até porque toda a roupa que tenho e que serve a este meu novo peso é de... 2008 para trás. Nada que ainda se use hoje em dia... Ah, espera, eu uso. E não me chateio nada por isso...!]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Tramada pelos fashionistas

16.07.12

What the fuck is a PEPLUM? E como raio se lê isto?

 

[Ou de como eu sou uma pessoal que realmente se está a lixar para a moda...]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Maria Guedes no Mais Mulher

24.11.11
Está a Maria Guedes no Mais Mulher (SicMulher) a falar de must haves para miúdos. Calças de ganga: manda ela comprar uns números acima e usar, de início, com as bainhas dobradas, e depois, à medida que os miúdos crescem, descer as dobras e continuar a usar. Segundo a Maria Guedes, as calças de ganga dos miúdos são coisas que duram imenso tempo. Eu até percebo: o filhote da Maria Guedes ainda lhe nada na barriga e está longe de usar calças de ganga.

A Maria Guedes não conhece a minha filha. Se conhecesse, saberia que as calças de ganga duram o tempo suficiente para ela as rasgar no tartan da escola. Depois levam uns remendos nos joelhos e duram mais um bocadinho. Depois ela resolve andar um dia a arrastar o rabo no tartan e as calças rasgam-se atrás. Mais um remendo. Ela faz 4 anos na semana que vem. Usa calças de 3 anos. Porque as de 4 anos ficam a nadar, mesmo com os elásticos de ajuste apertados no máximo. Se eu lhe tivesse comprado calças para 5 ou 6 anos, por exemplo (porque as calças duram imenso tempo, lá está), tinha uma miúda com um saco de batatas vestido. E que não duraria muito, por causa daquilo do tartan.

Ou seja, nisto da "moda" infantil acho que quem tem mesmo uma palavra a dizer são as mães que põem remendos nas calças, que tiram das camisolas manchas impossíveis de remover, que secam ténis com secadores de cabelo. O resto, os must haves, são balelas.

[Para miúdos, no inverno, must haves são collants quentinhos, camisolas interiores, pijamas confortáveis, boas camisolas de malha - na Zippy são baratíssimas -, um kispo e umas galochas.]

Adenda: isto não é, de todo, uma crítica à Maria Guedes, cujo trabalho respeito imenso. É antes o lado pragmático da "moda" para miúdos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Relativizar

09.09.11
Quando eu era uma miúda solteira, sem filhos e sem preocupações de maior, gostava de andar a par das tendências da moda e comprava uma ou outra coisa que "eles" diziam que se usava e que me ficava bem.
Nunca fui um ícone de estilo (hell, no!), nunca fui daquelas pessoas de passar na rua e virar olhos de "está tão bem vestida!". Nunca fui, sequer, um supra-sumo da elegância. Sempre fui uma miúda normal (com menos 15 quilos do que peso agora, mas isso não vem ao caso) e nunca me senti mal por isso. Talvez por sempre ter trabalhado em comunicação e em publicidade, nunca me deu para investir muito em peças super chiques e elegantes que, no fundo, não têm nada a ver comigo.

Eu sou pela descontracção. Sou pelo easy-wearing. Sou pelo conforto. E sou pelo diferente. Mas não sou muito diferente da maioria.

Agora, casada, mais de filhos, com mais com que me chatear, estou-me bem nas tintas para o que se usa, para as tendências, para o leopard print, para as calças subidas, para os looks "olha, afinal estamos em 1984". Continuo a ser pelo conforto e pela descontracção. Não invalida que goste de melhorar. Não invalida que tenha andado meses à procura de umas sandálias de salto alto como deve ser. Não invalida que goste de ir às lojas e ver o que há por lá. Mas daí a vestir-me como se fosse uma montra ou um anúncio numa revista, vai uma looooooooooonga distância.

No fundo, sou uma mulher simples. Não me preocupo em saber se estou na moda. Who cares? Sei que consigo correr para o metro, sei que consigo aguentar o dia inteiro nos sapatos que escolho e isso basta. E sei que não ando feita atentado visual, o que também não me parece mau de todo (e toda a gente - normal, entenda-se - sabe que a maioria dos fashion blogs parecem verdadeiros elogios ao Mardi Gras, ao Carnaval de Ovar e ao Ano Novo Chinês, all in one (olá, Pipi, miss our late night chats!!).

E sei, acima de tudo, que tenho mais com que me entreter. E sei que o que eu visto não me resume. Não preciso de me vestir de maneira XPTO para me sentir eu. Isto não invalida que haja um boost no ânimo sempre que as sandálias rasas dão lugar às altas.

Como hoje. E hoje espelha bem aquilo que eu sou enquanto "ser vestido": top branco, simples (da C&A), calças de ganga simples (nada de boyfriend's jeans nem quejandos - e estas são da Blanco, velhinhas, velhinhas e gastas!), sandálias de tiras, de salto alto, num tom de dourado velho (da Foreva, compradas, se não me falha a memória, em 2005). Um colar (e eu uso colares aí 5 dias por ano), uns brincos (que, curiosamente, ainda não me puseram as orelhas em carne viva, o que é verdadeiramente espantoso) e umas pulseiras douradas e azul turquesa. De manhã, como estava fresco, trazia um casaco salmão, que ligava lindamente (e completamente por acaso, na verdade!) com a Notting Hill que finalmente fiz para mim. E não, não estou de árvore de natal. Estou até bastante sóbria. E normal. E aposto que, se me vissem no metro, nem davam pela minha presença... (oh, well, agora com esta descrição exaustiva talvez dessem!)


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Fartinha

06.09.11
De vernizes rosa choque, laranja, roxo, azul, verde, amarelo, rosa flúor. Fartinha destas cores de verão. Enjoada. Com saudades de rosas-malva, brancos leitosos, vermelhos normais, do 505 da Chanel (porque ainda não encontrei outra marca com uma cor idêntica de que goste). Com saudades da calma do Outono, em detrimento dos gritos histriónicos do Verão. (Tenho, contudo, umas saudades absurdas de quando o Verão era Verão e, por isso mesmo, quente, escaldante, sufocante).


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

And the Oscar goes to...

28.02.11
"A noite das mortas-vivas..."
 Mandy Moore
Michelle Williams

"Internem-me, por favor!"
 Marisa Tomei
Mark Ruffalo (giro que dói e bem vestido) e su "pártenére" (um pavor!)

"Ó pra mim a fingir que sou uma mulher séria..."
Scarlett Johansson (que não engana ninguém!)

"Perdi 20kg e acho que posso tudo..."
Jennifer Hudson



Autoria e outros dados (tags, etc)

Fashion alert

20.10.10
A minha querida filha serviu de wake up call um dia destes. Pois que em conversa com o pai sobre as cores, disse a pequena que "a mãe veste sempre cinzento. Ela não veste cores. Tu é que vestes, papá, mas a mãe é sempre cinzento". Pimba. Criança de 3 anos com mais noção disto do que eu. Avaliei e tenho que lhe dar razão. Preto, cinzento e castanho são as minhas cores. Porque nem sempre me agradam as alternativas que vou vendo e porque não me apetece andar mascarada de Boy George. Prometi-lhe que vou usar cores, para ver se ela não me vê como uma mancha escura com pernas, pronto. Hoje vim de cor-de-rosa. E cinzento...


Autoria e outros dados (tags, etc)

O maravilhoso mundo da roupa de grávida

18.10.10
Não é o meu mundo, definitivamente.
Hoje vesti pela 1ª vez nesta gravidez as calças de grávida que comprei na gravidez dela. E estou aqui apertada até aos olhos. Por esta altura, ela estava de cabeça para baixo, na vertical, como se quer. Este, que deve ter a mania que é artista, está lá em baixo (junto ao  osso púbico), atravessado (na horizontal, portanto). Ou seja, está exactamente onde acaba a ganga e começa o elástico das calças (elástico esse que eu não consigo - nunca consegui - usar em cima da barriga). Ora, se ele se mexe, isto é uma dor do caraças. Mil vezes as minhas calças normais, que ao menos dão para abrir o botão enquanto estou sentada e que não me apertam em lado nenhum...

Como já fui buscar as da Salsa que ganhei no passatempo do Mini-saia, tenho alternativa. Mas pode sempre acontecer que só as comece a usar depois de o miúdo nascer...


Autoria e outros dados (tags, etc)

Fashion babe

30.09.10
Mãe (euzita) com as unhas pintadas de cor-de-rosa (um cor-de-rosa por que me apaixonei e que vai, sem dúvida, ser a minha cor da estação!). Filha repara e...

Filha: mãe, gosto desse ve'niz.
Mãe: ah é?
Filha: sim. Mas eu não gostava do roxo. Ficavas com as unhas esquisitas, tinha uma cor est'anha.
Mãe: porquê?
Filha: não sei. Mas eu não gostava. Era esquisito. Mas gosto muito deste cô'de rosa.
Mãe: está bem.
Filha: não ponhas mais o roxo. Põe só este. Ficas bonita!!

(Estou tão lixadinha...)


Autoria e outros dados (tags, etc)

Não percebo

02.09.10

Expliquem-me, por favor: estes sapatos são giros onde? Em que planeta? (Vistos na Zara Online... e sim, os últimos também são de mulher...)


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Trends

25.08.10
Faz-me um bocado de confusão ouvir/ler pessoas dizer que compraram determinada peça porque a dita é tendência agora. Não dizem que compraram porque gostaram, nem porque lhes fica bem, mas sim porque é tendência. Falta de personalidade ou elevado sentido de estilo?


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Sobre o penteado do casamento da cunhada

27.07.10
Veio daqui a ideia. Rápido, fácil e giro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Mau demais!

07.05.10
Já vi muito desastre em forma de unhas de gel, mas nada como o que acabei de ver...

Miúda com uns 22 anos (se tinha mais, não aparentava). Unhas com gel de cor, sendo que os 5mm encostados à pele (onde a unha cresce, portanto) já não tinham gel (ou seja, a precisarem urgentemente de manutenção). O que é que pode ser ainda pior que isto?

Uma mão com gel vermelho-vivo, outra com gel azul cheio de desenhos. Isso. Uma mão de cada cor. Tipo catálogo. Coisa mai linda, credo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aline in Wonderland

04.05.10
Vejam aqui. Vale a pena!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu já andava a estranhar...

25.03.10
As minhas unhas são uma valente merda. Mas, vá-se lá saber porquê, há uns 2 meses que não se partia nenhuma (ou seja, recuperaram do massacre pré-casamento - o gel - e depois disso atinaram). Já tinha inclusive pensado em partilhar convosco esse detalhe da minha existência que é de elevadíssima importância. Mas achei por bem calar-me para não agoirar. Hoje de manhã, ao fechar o carro com aqueles 14 quilos de gente ao colo, pimba, unha do dedo médio da mão direita com o caraças. Toca de limar as outras todas para a coisa ficar minimamente aceitável. E como estamos em vésperas de viagem, vou dar descanso aos vermelhos/rosas/castanhos e vou apostar num nude. Sempre se notam menos as quincadas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Happy days, oh happy days...

19.03.10

T-shirt Stradivarius
Casaco Zara
Cinto Stradivarius
Jeans Blanco
Botas Stradivarius
Pulseiras Stradivarius

Já disse que estou bem-disposta?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Hoje

17.03.10

Blusão Bershka
Camisa Bershka
Lenço Stradivarius
Jeans Rulys
Sapatos Stradivarius
Acessórios Parfois e Stradivarius

Mais primaveril a cada dia que passa!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Happy, springtime happiness!

16.03.10
Longsleeve Stradivarius
Blaser Zara
Saia C&A
Collants Calzedonia
Sandálias Primark
Acessórios Parfois e Stradivarius

Porque este sol e este calorzinho de princípio de Primavera são o que basta para eu andar feliz...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Hair up!

15.03.10

Eu não saio da minha comfort zone em termos de cabelo: é comprido, liso, esticado, solto, ponto final. De vez em quando, se não está um frio de rachar, lá o apanho num rabo-de-cavalo, mas é raro. Mais de vez em quando ainda, se tenho tempo e paciência e o fim justifica o meio, faço umas ondas à Hollywood na frente (que fazem a gentileza de aguentar, vá, meia hora, portanto não vale o esforço). Ontem apeteceu-me sair da bolha e fazer um apanhado às três pancadas - o ar descuidado não é falta de jeito, foi mesmo porque me apeteceu, sim? Pronto, era isto. Ide lá à vossa vida, vá.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Hoje

10.03.10

Longsleeve Stradivarius
Vestido Blanco
Jeans Rulys
Peep-toes Zara
Acessórios Stradivarius

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Hoje - um toque de Primavera!

23.02.10
Estou farta de chuva, de frio, de nuvens, de mau tempo, de depressões. Farta.

Camisa Stradivarius
Casaco made in China
Jeans Rulys
Botas Stradivarius
Lenço Stradivarius
Brincos Parfois
Verniz New York by Risqué

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Viena

19.02.10
(Uma das cidades que quero conhecer)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Hoje

10.02.10
Longsleeve Stradivarius
Camisola Bershka (de há uns 4 anos)
Skinny Jeans Rulys
Botas Stradivarius
Acessórios Parfois
Pregadeira feita pela Li@

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



Pesquisar

Pesquisar no Blog  








Para vocês





Partners







WOOK - www.wook.pt












Eu e os Livros

2013 Reading Challenge

2013 Reading Challenge
Lénia has read 2 books toward a goal of 30 books.
hide

Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D