Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Dúvidas e certezas

29.10.12

Há um ano, quando fui levada a esta "escolha" de trabalhar em casa (por força de uma mudança de emprego que não podia ter corrido pior), mudou tudo. Tem sido um ano de adaptações e afinações. Ainda não está perfeito. Há dias em que acordo com saudades de me vestir de executiva, correr para o comboio e ir trabalhar fora de casa. Há outros em que bendigo (MUITO!) a sorte que tenho em poder estar aqui, no meu canto, a fazer as minhas coisas, ao meu ritmo. Há muito que sei para onde quero ir, mas só há pouco tempo comecei a trilhar este caminho. E ainda não é nada certo, falta-me afinar muitas coisas, falta-me aprender muito, falta-me trabalhar muito. Mas sei para onde quero ir.

 

Só que há dias em que as dúvidas são mais que muitas. Em que tenho medo de estar a fazer a escolha errada (embora o meu coração me diga que não). Há dias em que me sinto triste e penso que, se morresse agora, não deixava marca nenhuma no mundo (além dos meus filhos, que são umas pegadas de dinossauro enormes!). Há dias em que penso que o dinheiro que os meus pais gastaram no meu curso superior foi o dinheiro mais mal gasto da história da humanidade (tirando os submarinos do Paulo Portas). No fundo sei que não, mas o que é facto é que já pouco trabalho faço relacionado com o curso que tirei (e, sinceramente, não lamento muito esta parte - até porque, no fundo, sei que não devia ter tirado aquele curso). Depois lembro-me de que foi na faculdade que conheci o meu marido e se calhar foi só mesmo para isso que lá andei.

 

Gostava de poder ver-me daqui a cinco anos. Dar só uma espreitadela para ver onde vou estar, só para ver se valerá a pena este caminho que estou a fazer. Claro que perdia metade da piada, mas eu sou curiosa e ansiosa por natureza, quero tudo para ontem e era perfeito isto de poder olhar e pensar "ok, escolhi bem, agora é continuar". Quero acreditar que o meu coração é que sabe. E é para lá que vou, para onde ele me manda. Mas há dias, como hoje, em que as dúvidas são mais que as certezas e isso... é uma gaita, é o que é!

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

De Sónia Araújo Pereira a 29.10.2012 às 17:34

Malditas Segundas feiras, frias e cinzentas, que nos deixam nestes estados de alma!
Por aqui o dia também não está a ser fácil... deve ser mal geral...
Há que ver as coisas pelo lado positivo, mesmo que algo corra mal no percurso.
Já dizia a minha avó (que faleceu faz hoje 13 anos): " Se a vida tivesse livro de instruções, não tinha lá grande piada, pois não?!" :)

De Analog girl a 29.10.2012 às 17:48

Foi um processo doloroso e complicado, se bem me lembro do ano passado por esta altura, mas na época, cheio de optimismo e certezas. Não te esqueças da Marianne que veio ter comigo com os dias contados naquele emprego maldito e a fazer mil planos para o futuro. Sei que na altura tinhas outro ponto de apoio que entretanto se revelou gorado, e que este ano também te trouxe um desafio pessoal muito doloroso.
Eu continuo a acreditar em ti, a achar que tens muitas ideias fantásticas à espera de saírem cá para fora.
Um ano depois estás a recomeçar, a trilhar este caminho com mais conhecimento e mais sabedoria, e isso já é muito, mesmo que te tenha parecido que abrandaste na vida.

Quanto ao curso, não és a única a pensar que tiraste o curso errado, que o dinheiro dos teus pais foi mal gasto. Acho que a nossa geração tinha porque tinha de ter formação superior. Mas quando damos por nós as oportunidades não são assim tão boas, e será que temos algum papel realmente relevante na sociedade por causa do canudo?
Mais vale mesmo fazer como tu, perseguir os sonhos, explorar talentos, tentar ser feliz.
E estás a fazê-lo.
Continuas a ser uma inspiração para mim.

De momentosdisparatados a 29.10.2012 às 18:07

Eu costumo dizer que ainda bem que não sabemos o futuro embora lá no fundo até daria jeito, mas mesmo que erremos há que tirar algum ensinamento.
Mas sim há dias assim...com tantas duvidas.
Boa semana

De Isa a 29.10.2012 às 19:44

Um caminho faz-se caminhando, e muitas vezes só sabemos como é fantástico o destino quando lá chegamos. Entretanto, a única coisa que podemos fazer é acreditar e lutar pelo que achamos certo para nós. Boa sorte!

De Rubi a 29.10.2012 às 21:28

Tenho a certeza que valerá a pena. As dúvidas estarão sempre lá, mas o que interessa é ir avançando!

De Vidasdanossavida a 29.10.2012 às 22:38

Essas duvidas são legitimas. Provavelmente é um caminho que tens de percorrer. E sempre que trabalhei em casa como freelancer também havia alturas em que tinha saudades da adrenalina de sair de casa de manhã, vestida a rigor, para mais um dia de trabalho.

De Carla a 30.10.2012 às 10:10

Marianne... hace dias me asaltaron dudas muy similares y por cosas del destino me llego este video... a mi me motivó y reafirmó que este es el buen camino... http://vimeo.com/uakixtv/nuevoparadigmalaboral

esta en castellano...

De D. a 30.10.2012 às 11:18

As minhas dúvidas são muito semelhantes. O que o coração me diz, estar em casa por desemprego e ter a sensação de desespero-dúvida-gosto.
Também não sei que será do meu futuro e sem marido, porém com filhas. Apostar no que aposto neste momento, um curso para aumentar os meus conhecimentos, é uma dúvida se será um gasto ou um investimento. Enfim. Tudo muito duvidoso, no entanto, ganhei muito na relação com as minhas filhas e no tempo que com elas estou e "gasto".
Fantástico o texto.

De amora a 30.10.2012 às 10:54

Olá Marianne,

Também já tive um tempo que questionei o tempo gasto a estudar para uma profissão que pouco tem a ver comigo. A vida profissional até agora não correu como eu pensava. A determinada altura também me vi forçada a voltar para casa, cuidar dos meus... no meu caso, acredito ser muito mais compensador. Mas fica sempre aquele bichinho do querer ser independente, fazer o que gostamos, ganhar o nosso dinheiro. Também me ocorrem dúvidas muitas vezes, se fiz bem, mas até ao momento não tenho razões de queixa. Descobri novos interesses e decidi, organizar o meu tempo e dedicar-me também a eles, fazer o que gosto. Acho que é por aí, sem receios, dedicarmo-nos ao que dita o nosso coração, a nossa consciência. Boa sorte. Vou ficando por aqui a espreitar :)

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog  








Para vocês





Partners







WOOK - www.wook.pt












Eu e os Livros

2013 Reading Challenge

2013 Reading Challenge
Lénia has read 2 books toward a goal of 30 books.
hide

Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D