Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Relógio desaparecido

27.09.12

Há uns meses resolvi arrumar o relógio que usava todos os dias. Tinha sido presente de Natal do marido, era um One daqueles que mudam a bracelete, portanto dava com tudo. Adorava-o. No minuto em que o arrumei pensei para comigo "tão depressa não te volto a encontrar". Ou seja, se eu não me obrigasse a arrumar aquilo, sabia sempre onde ele estava: ora na prateleita do WC, ora na mesinha de cabeceira, ora em cima do microondas, sempre à vista e fácil de encontrar. Resolvi arrumá-lo e ele desapareceu.

 

*

 

Eu não sou pessoa de aventais. Tenho uns quantos, mas não os uso para cozinhar. Não sou grande espingarda a dar laços atrás das costas e prefiro não me chatear com aquilo. Ando sempre com "roupa de andar por casa" portanto mesmo que haja nódoas não faz mal. De vez em quando, assim muito raramente, lá me lembro e uso o avental, mas é raríssimo.

 

*

 

Igualmente raro é o meu marido fazer o jantar ou tratar da cozinha. Faz outras coisas, mas essas nem por isso. No fim-de-semana andou a plantar umas ervas aromáticas (plantar? semear? whatever...) e usou o avental que estava atrás da porta da cozinha. Remexeu no bolso do avental e encontrou um relógio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Vestido-camisa

26.09.12

Era uma vez um vestido que comprei há uns dois anos, nos saldos dos saldos dos saldos dos saldos. É da Blanco e custou-me cinco euros. Não me ficava bem quando o comprei e não me ficava bem agora, mas, pelo preço, achei que era uma boa compra. Ursa.

 

Acho que este vestido foi feito a partir de um molde de uma saca de batatas. Ou pelo menos assim parecia. Ficava-me largalhão, sem forma nenhuma. Horrível. E eu achei que, uma vez que assim não o vestia, o melhor era ver se o conseguia tranformar. Corta aqui, aperta ali e...

 

... assim nasceu uma blusa. Adoro-a? Não. Está melhor do que estava? Sim, muito. Vou vesti-la? Sim. Estou satisfeita com o resultado? Claro! Perdi tempo? Não. E percebi que, se consegui transformar um vestido horrível numa blusa razoável, não há nenhuma peça no meu armário que não possa ser salva...!

 

(Olhando para o vestido agora, apercebo-me: parecia um vestido amish...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

A princesa sabe nadar, yô!

26.09.12

Não sabe, mas vai aprender. Ontem foi experimentar uma aula de natação. Como eu já sei do que a casa gasta, não quis inscrevê-la sem que ela experimentasse. Achei que ela ia berrar de medo, que ia stressar por eu não estar ao pé dela (estava a vê-la num varandim, à distância de uns 2 andares), que não ia querer estar na água. Enganei-me. Adorou. Fartou-se de mergulhar, boiou sozinha, fez (quase) tudo o que o professor mandou. E já me perguntou dezenas de vezes quando é que é dia de ir à natação...

 

Para já vai fazer duas vezes por semana. Daqui a algum tempo, quando começar a treinar para os Jogos Olímpicos de 2020, hão-de ser 6 horas por dia, 7 dias por semana, enfiada dentro de água... (ou então não...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Filmes #22

25.09.12


Gostei muito. Um filme terno, doce, interessante. Um Dev Patel (é o rapaz do Slumdog Millionaire) excelente, a dar um toque extra ao filme. Gostei mesmo! 8/10.

 

Há filmes que nos tocam nas feridas, sejam elas quais forem. Filmes que nos abrem os olhos, que nos marcam. Este filme foi assim. Sublime, tgão bom... 9/10.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Go figure...

25.09.12

"Ai, estou tão farta do inverno... S. Pedro, trata de mandar o sol e o calor..."

 

"Ai, estou tão farta do verão... S. Pedro, abranda aí e manda um arzinho fresco..."

 

"Ai, estou tão farta deste tempo que nem é carne nem é peixe, nunca sei o que vestir... S. Pedro, manda aí frio e chuva de uma vez, que assim ao menos sei com o que posso contar..."

 

"Ai, estou tão farta de frio e chuva... S. Pedro, manda aí a primavera..."

 

"Ai, estou tão farta da primavera, só espirro e tenho alergias... S. Pedro, manda aí o verão..."

 

"Ai, estou tão farta do verão... S. Pedro..."

 

 

S. Pedro, dá para arranjar maneira de calar aquelas bloggers que passam o ano inteiro a queixar-se do tempo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Weekending

25.09.12

Este fim-de-semana tirámos folga das pinturas. Demos as boas-vindas ao outono calmamente. Houve tempo para muita brincadeira, para ver filmes, para ler, para cozinhar, para arrumar algumas coisas, para passear... É bom baixar a rotação e abrandar o ritmo. É bom serenar e passar uns dias sem obrigações nem combinações nem sítio nenhum onde ir...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Come Along #7

24.09.12

Um blog: A Merry Mishap

 

Um post: A mãe de todos

 

Um livro: "Mystic River", Dennis Lehane

 

Uma citação:

Um filme: "Mystic River", de Clint Eastwood

 

Uma música: "Wasting Time", Frivolous

 

Uma receita: Courgette e Bacon

 

Uma imagem: Cidades

 

Uma ideia: 40 formas de usar um lenço

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

20.09.12

[Imagem retirada da net]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

E pronto...

19.09.12

... Feito o update, vou tratar de almoçar e trabalhar. Estes novos dias, com horários certinhos, permitem-me fazer tanta coisa... Estou impressionada!

Autoria e outros dados (tags, etc)

A ler...

19.09.12

 

Em Setembro de 2010 foi o lançamento mundial do primeiro volume da trilogia "O Século", que percorre a vida de cinco famílias durante o século XX. O primeiro livro, "A Queda dos Gigantes", cobre os anos de 1911 a 1925. Este segundo volume da trilogia vai de 1933 a 1949. E é viciante, tal como o volume anterior.

 

Comecei a lê-lo ontem, dia do lançamento mundial, e acho que não vou demorar muito a acabá-lo. O Ken Follett tem uma forma tão escorreita de escrever que é fácil uma pessoa entrar no ritmo e torna-se difícil parar de ler. A tradução está impecável, coisa que ajuda bastante. Para mim, são 832 páginas imperdíveis. Vale muito a pena... (a parte má: o lançamento do terceiro volume deve demorar mais uns dois anos...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Filmes #21

19.09.12

 

Mais um filme riscado da lista. E não tenho muito a dizer sobre ele... Foi realizado pelo Clint Eastwood e acho que isto é "resumo" que chegue... 7/10.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Come Along #6

19.09.12

Um blog: Afonso, o Cão de Loiça e Julieta, a Pessoa

 

Um post: Maria, dia um

 

Um livro: "A Queda dos Gigantes", Ken Follett

 

Uma citação:

 

Um filme: "Magnolia", de Paul Thomas Anderson

 

Uma música: "Houdini", Foster The People

 

Uma receita: Bolo de Bolachas em Bolinhas

 

Uma imagem: Neighbourhood

 

Uma ideia: Uma foto e um mapa

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tanta coisa...

19.09.12

Uma pessoa fica sem net dois dias e parece que o mundo desaba. Resumindo:

 

- Em dois dias, fiz quatro capas para almofadas. Nunca me tinha atrevido porque achei que a coisa seria mais complicada do que na realidade é. Porque, na verdade, acho que deve haver muito poucas coisas mais fáceis de fazer do que capas para almofadas.

 

- Criança mais velha a adorar a escola nova. É o que se quer!

 

- Criança mais nova constipada. Bela maneira de antecipar a chegada do outono...

 

- Começam (aqui nas minhas bandas) os dias mais frescos. Que depois aquecem. E uma pessoa fica perdida entre a roupa de verão (demasiado fresca para as manhãs e os fins de tarde) e a de meia estação (demasiado quente para o meio do dia).

 

- Casa dos Segredos: é fácil fazer aquele tipo de casting e não admira que se conheçam todos. Basta ir a um ou dois espaços de diversão nocturna e a probabilidade de se esbarrar com o género é grande. Nos entretantos, já se vão sabendo uns segredos aqui e ali...

 

- A "Voz" deve ter que se dopar para não se desmanchar a rir cada vez que tem que chamar a Cátia Mááááááááárisa... (eu teria que me dopar, sem dúvida!).

 

- Vi, finalmente, um filmezinho. Não acontecia há demasiado tempo!

 

- Tenho o "Come Along" desta semana atrasado, culpa da falta de net dos últimos dois dias. Mas sai a seguir.

 

- Ando a ler um livro que... (more on this later!)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Tão bom...

14.09.12

Com os novos horários da miúda, ando a reorganizar os nossos horários familiares. E, com a reentré, ando a reorganizar-me no que respeita aos meus trabalhos e às minhas tarefas. Ando a meio gás, cortesia das "obras" e das pinturas e das limpezas, mas a coisa vai indo. E tem corrido bem. Não nos atrasamos de manhã, à noite jantamos mais cedo, os miúdos também se deitam mais cedo... E eu acabo por ficar com um pedacinho de serão para mim, para ler, ver TV, ver um filme, escrever...

 

Agora o que dava mesmo jeito era conseguir manter isto assim... sempre!

 

 

 

[Coisas que me ajudam MUITO nesta questão da organização:

 

- Fazer ementas semanais e não ter que perder tempo e energia todos os dias a decidir o que fazer para jantar (e acabo por poupar muito dinheiro porque, antes de fazer as ementas, o normal era pensar em qualquer coisa e ir ao supermercado comprar o que me faltasse; agora vejo o que tenho e decido o que fazer com base nessa informação. Ou seja, vou muito menos ao supermercado e gasto muito menos dinheiro).

 

- Preparar as manhãs de véspera: negociar com a miúda o que vai ser o pequeno-almoço, entre outras coisas. Isto evita uma briga logo de manhã, comigo a apressá-la e ela a protelar...

 

- Ir fazendo listas do que preciso de fazer... e ir riscando itens dessa lista!

 

Se estão naquela fase de puxar cabelos por não saberem como agilizar melhor a vossa vida, façam uma visita à Rita. Ninguém melhor do que ela para nos dar dicas... ainda por cima é minimalista, ou seja, não faz nada nem aconselha nada que não seja mesmo necessário... (eu não sou minimalista, mas sou preguiçosa, coisa que faz com que eu também não ache grande graça a ter trabalho só por ter...)

 

Muito do que aprendi e hoje já faz parte da minha rotina veio precisamente da Rita, portanto vão lá que não se arrependem!!]

Autoria e outros dados (tags, etc)

A vocês, pais com filhos em idade escolar - MUITO IMPORTANTE

12.09.12

A situação que se relata a seguir é verídica, grave e muito perigosa. Aconteceu com uma amiga minha, que foi quem escreveu o texto que se segue. Não é SPAM, não é invenção, não é delírio - antes fosse! A vocês, que têm filhos em idade escolar, peço que leiam e ajam. Isto é gravíssimo e não pode MESMO acontecer.

 

 

"Porque tudo passou, e este ano não se está (pelo menos ainda) a repetir, sinto-me na obrigação de lançar um alerta que há um ano não podia escrever aqui declaradamente.

E um alerta importante para quem tem filhos em idade escolar.

E principalmente, os que "andam sozinhos" casa-escola-atividades-casa, e etc.

Acontece que há precisamente um ano, verifiquei que a escola da minha filha frequenta, disponibilizava na net, sem qualquer proteção por palavra-passe atribuída e apenas disponível aos Encarregados de Educação e alunos, as listas nominais das turmas e respetivos horários. Numa pesquisa que efetuei a nível nacional* (poderia ficar-me pelo distrito onde habito, mas sim, dei-me ao trabalho de ver em escolas por todo o país), deparei-me com o facto de haver um grande número de escolas (só eu, "investiguei" mais de 20).

Ou seja, um pouco (muito) por todo o país, centenas (ou serão milhares, não contabilizei) de crianças têm os seus nomes e horários de entrada e saída da escola ali escarrapachados a quem os quiser ver.

E apanhar.

E conhecer horários, percursos, e tudo e tudo.


Pois que a minha preocupação de mãe me levou a reclamar deste facto.

Como quase todos sabem, eu sou reclamadora-profissional, mas só reclamo depois de saber que tenho a razão do meu lado, antes de o fazer fui ver de que lado estava a Lei.

E, obviamente, estava comigo.

Comigo a briga foi grande, pois a escola em questão fez orelhas moucas (e ainda me enviou diversos emails, aos quais apelidar de arrogantes e
mal-educados é pouco), e teimou ter razão. Pior que isso, aparentemente (e digo aparentemente porque a mim nem se dignaram responder), a Direção Regional de Educação a que o Agrupamento escolar pertence, considerava também que isto era uma "situação habitual e perfeitamente normal".

Mas contactei a Comissão Nacional de Proteção de Dados, que não só me esclareceu telefonicamente, como me apoiou por escrito nos pedidos (e posteriores reclamações) que fiz. Esta Comissão, inclusive, aconselhou-me a fazer queixa oficial por escrito, para que pudessem atuar (o que fiz, tendo depois retirado a queixa, dado que o assunto entretanto se resolveu).

Contactei inúmeros emails do Ministério da Educação, e obtive várias respostas a dizer que estavam a averiguar o assunto ou o tinham encaminhado para os serviços respetivos.

Contactei inclusive a Polícia Judiciária (por conselho da Comissão de Proteção de Dados), que se dispôs na hora a deslocar-se à escola para os forçar a cumprir a Lei, se eu quisesse apresentar queixa junto deles também (isto não cheguei a fazer, porque felizmente não foi necessário).

Bem, provavelmente já me alonguei demais.

O "meu" assunto acabou por ser resolvido pelo próprio Ministério da Educação (um departamento relacionado com a segurança), e posso garantir que em poucos minutos (tal foi aquilo que terão dito/feito ao Conselho Executivo da Escola em questão) foi tudo retirado da internet.

Mas quero com este texto alertar para o facto de isto continuar a acontecer por esse país fora.

E pode estar a acontecer na escola dos vossos filhos**.

Atentem.

Protejam as vossas crias.

Exijam os vossos direitos.


Assina:

Uma Encarregada de Educação


* Por ordem alfabética, verifiquei (no ano passado), escolas de Aveiro, Beja, Bragança, Coimbra, Évora, Faro, Lisboa, Porto, Setúbal.

**A 3 amigos meus, a quem contei da situação, aconteceu. Mas as respetivas escolas não foram "autistas como a minha", e resolveram a coisa na hora, retirando os dados do acesso público."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Tudo está bem...

12.09.12

... quando acaba bem. A minha betaHCG já está negativa (consideram-se valores negativos todos os que estiverem abaixo de 3; a minha está a 1,90). Significa várias coisas: a minha situação está resolvida. As análises passam a ser mensais e já só me falta uma consulta para terminar o acompanhamento. A partir de Janeiro posso voltar a engravidar (posso, mas não quero). Mas, mais importante do que tudo o resto: não vou ter que fazer quimioterapia.

 

Happy!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

WIP

11.09.12

A sala tem sido um work in progress. Muito work e pouco progress. Mas está quase. Depois mostro o antes e o depois.

 

(E é por isso que ando caladinha... Nem tenho tempo para ligar o portártil e postar. Lá vou partilhando umas larachas no Facebook e tem sido isso... O quê? Ainda não "gostam" da página do Not So Fast??? Nem sabem o que perdem... - não perdem nada de especial, obviamente!!)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Come along #5

11.09.12

Um blog: Enjoying the Small Things

 

Um post: Nella Cordelia, a Birth Story (é do blog referido acima, mas é absolutamente imperdível)

 

Um livro: "As Três Vidas", João Tordo

 

Uma citação:

Um filme: "Autópsia de um Crime", Kenneth Branagh

 

Uma música: Hypnotized, Oliver Koletzki

 

Uma receita: The Best Brownies (MESMO!!!!)

 

Uma imagem: NY, 11 anos depois

 

Uma ideia: Graphic cookies

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mudanças

07.09.12

Vivo nesta casa há quase 9 anos. Não me lembro exactamente quando pus a sala como ela está agora. Talvez há... 8 anos. Decorei isto em tons de laranja, castanho e beje e bom... fartei-me. Também, 8 anos não é para menos. Portanto este fim-de-semana vamos andar em modo trolha, a pintar a sala. E vamos mudar o sítio dos móveis. E vamos redecorar. E vamos maldizer a ideia mil vezes, estou mesmo a ver. Mas vai ficar giro, tenho a certeza.

 

[Cinza, turquesa e verde. Há-de andar por aí... ou não, ainda não decidi.]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Argh!

05.09.12

Por acaso já ouviram o anúncio da Fox que tem passado na Rádio Comercial? Aquilo mete-me uns nervos assim para lá de grandes.

 

O locutor tem uma voz daquelas graves, muito graves. E arrasta as palavras... "Listeneeeeeeeeeeer", "Apanha-me se Pudereeeeees", "Em Contactoooooo"... Mau, muito mau.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogosfera: um insight

05.09.12

Quando comecei a escrever em blogs, há nove anos e pouco, os blogs eram uns sítios onde as pessoas escreviam sobre o seu dia-a-dia. Havia variações, claro: havia o Gato Fedorento, havia O Meu Pipi, e por aí em diante. Mas, no essencial, os blogs eram exactamente isso: diários digitais (o termo "blog" é a versão short de "weblog", ou seja, diário-na-internet). A blogosfera estava longe de ser descoberta como máquina de fazer dinheiro. As marcas estavam longe de perceber o "poder" que os bloggers tinham.

 

Depois começaram os fenómenos: houve o boom-pipoca (anos depois de o blog ter nascido) e a coisa deu-se. As marcas começaram a olhar para alguns bloggers como opinion-makers/opinion-leaders e começaram a puxar por isso. E os bloggers foram-se rendendo ao lado comercial dos blogs. O que antes era um blog genuíno, com textos giros, pessoais, interessantes, passou a ser um intervalo publicitário (não estou a falar de um blog em particular, mas sim de vários - demasiados! - em que isto acontece).

 

Leio muitos blogs americanos e quase todos têm uma vertente comercial: espaços nas barras laterais para patrocinadores (que pagam um valor mensal para ter ali o anúncio/link), posts patrocinados, reviews de produtos pagas. Acontece que isso é claro e não é encapotado. Os posts patrocinados são assinalados, as reviews são identificadas (neste caso não há pagamento monetário mas sim oferta do produto/serviço sobre o qual é feita a review).

 

Cá não é bem assim. Fazem-se passatempos que, em muitos casos, são pagos (a marca que promove o passatempo oferece os produtos em questão e paga um determinado valor ao blogger para que o passatempo tenha lugar naquele blog). Escrevem-se posts patrocinados onde nada é explicado. Há uma política meio "subreptícia" e os leitores menos atentos podem perfeitamente achar que nada do que aparece naquele blog é comércio. Mas é.

 

Nada contra. Desde que esteja explícito, não vejo por que não o fazer. As marcas perceberam o potencial dos bloggers, os bloggers perceberam o valor do seu blog e tudo está correcto. Depois há erros grosseiros. Por exemplo: há umas semanas recebi uma oferta de uma marca. Ainda estou para saber como é que a marca conseguiu a minha morada, mas já nem vou por aí. Nunca me perguntaram se queria receber a oferta, se podiam enviar, se estava interessada. Nada. Mandaram, simplesmente. Ainda por cima, assumiram que o meu nome é a versão portuguesa do meu nickname. Não é. Isso fez com que, para poder receber a oferta, eu tivesse que pagar uma taxa nos Correios. Não teria acontecido se me tivessem pedido os dados correctos antes. A oferta que me foi enviada não tem rigorosamente nada a ver comigo nem com o meu blog. Podia aqui falar dela em concreto, mas não vai acontecer. Calculo que a intenção fosse boa, mas foi um tiro no pé. Já noutras ocasiões me ofereceram coisas que, por não terem nada a ver comigo, recusei. Agradeço a boa intenção, mas não vou pespegar com publicidade ao desbarato no blog. Muito menos com publicidade a coisas que não uso ou de que não gosto. Aconteceu também recentemente ser contactada por um serviço; pretendem que o teste e irei fazê-lo, até porque, mesmo antes de mo oferecerem, eu já andava para o experimentar. Depois logo conto como correu: bem ou mal, a verdade virá aqui parar.

 

Eu já fujo de blogs que são intervalos publicitários há muito tempo. Deixei de conseguir ler. Talvez por trabalhar em comunicação, não consigo olhar para aquilo com olhos de consumidora "normal", olho sempre pela perspectiva do marketeer. Por isso mesmo, não tenciono transformar isto num espaço carregadinho de publicidade. Claro que já aqui falei de produtos e serviços e sítios onde fui. Claro que voltará a acontecer, tantas vezes quantas eu achar que devo falar (ainda aqui há dias falei de fraldas e de marcas de fraldas, por exemplo. Ninguém me pagou para isso nem as marcas sabem que o fiz. Fi-lo enquanto consumidora e não enquanto folheto publicitário). No dia em que este blog tiver patrocinadores ou posts pagos ou reviews "pagas", vocês serão os primeiros a saber. Até lá, tudo o que aqui menciono tem apenas a ver com aquilo que experiencio enquanto consumidora, utilizadora e cliente.

 

Ah, e tenho saudades do tempo em que os blogs eram apenas blogs e em que se escrevia pelo prazer de escrever.

 

ADENDA: Alertou-me a Elsa para o facto de haver, neste post, algumas palavras com link a uma coisa qualquer para ganhar um iPhone4. Pois que é um bicho manhoso que se me agarrou à traquitana de escrever os posts no Sapo. Já tinha dado conta disto e sempre que me lembro de tal coisa apago os links. Aqui, no embalo da escrita, esqueci-me. Portanto, cenas para oferecer iPhones e tal, é SPAM. Sorry...!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Pára tudo: vou falar de moda!

05.09.12

Cá vai: gira, a Kate Moss no catálogo novo da Mango!

 

(Isto é o máximo que eu consigo fazer, a sério...!)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Back to work...

04.09.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Come along #4

03.09.12

Um blog: No soup for you, da talentosíssima Susana Gomes

 

Um post: ..., Uma Mulher Não Chora

 

Um livro: "Um Amor Feliz", David Mourão-Ferreira

 

Uma citação:

 

Um filme: "Irréversible", de Gaspar Noé

 

Uma música: "Crazy", Ornette

 

Uma receita: Bolo de Maçã e Cream Cheese

 

Uma imagem: Cidades

 

Uma ideia: Cake stand

Autoria e outros dados (tags, etc)

Curioso...

01.09.12

O post no Facebook do Not So Fast que tem mais comentários (e não tem muitos, que eu sou uma pobre blogger desinteressante e ninguém me liga nenhuma) é sobre sapatos.

 

Eu sou pessoa que não debate estes temas (quer dizer, debato, a espaços, com amigas e não publicamente, fazendo disso conversa recorrente). Não ligo a modas nem a tendências nem a fashionismos. Mas o meu post mais comentado no FB é sobre sapatos. 'Tá certo...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Breve dica para mães em sarilhos*

01.09.12

Fraldas.

 

Cá em casa não se usam fraldas de marca branca porque... não gosto. Experimentei não sei quantas marcas brancas e não gostei de nenhuma. Ora encaroçavam com os xixis, ora deixavam sair xixi pelos lados... Eram baratas, sim, mas não cumpriam os mínimos aceitáveis.

 

Cá em casa não se usam fraldas caras. Só mesmo porque são caras e porque há alternativas igualmente boas...

 

Cá em casa usam-se as linhas básicas/económicas da Dodot e da Huggies.

 

Ora bem, as Dodot Básico são mesmo básicas e são piores do que as Huggies Economy. As Huggies Economy são óptimas: são maiores que as Dodot, absorvem muito bem, é raro haver desastres nocturnos (e quando há a culpa não é delas... é do meu gaiato que faz xixis em quantidades industriais!). Mas, melhor ainda, são mais baratas que as Dodot Básico.

 

Ou seja, por cá usam-se Huggies Economy (de momento, por acaso, usam-se Dodot Básico, mas só porque não havia Huggies quando fui às compras e precisava MESMO de comprar fraldas, sob pena de voltar a 1970 e às fraldas de pano presas com um alfinete de ama! E o facto de agora ter este pacote para gastar fez-me ficar ainda com mais certezas acerca da minha preferência pelas Huggies!).

 

Portanto a dica é: usem e abusem destas linhas básicas. Não são piores que as linhas "normais" e são MUITO mais baratas.

 

*Os "sarilhos" só aparecem porque me soaram bem... Coisas de gente com pouco que fazer, está bom de ver!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

Pesquisar no Blog  








Para vocês





Partners







WOOK - www.wook.pt












Eu e os Livros

2013 Reading Challenge

2013 Reading Challenge
Lénia has read 2 books toward a goal of 30 books.
hide

Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D