Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tesourinho deprimente

05.01.12
Ontem, aí às 3h, num zapping rápido, dei de caras com a Daniela Ruah na novela Jardins Proibidos, produzida no ano 2000. Assustei-me. A miúda estava horrorosa. E eu bem que googlo à procura disto, mas tá quieto. Só me aparece a Daniela-2011, boazona, de fazer virar mortos na tumba. Bah.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sobre a mana CR7

04.01.12
Ando há dois dias a tentar alinhar pensamentos para escrever uma breve nota sobre a produção "hot" que a mana mais velha do Cresteane fez para uma revista online.

Várias considerações:

- Diz a menina algures (acho que foi ao Correio da Manhã) que sempre foi magra, nunca se preocupou. Ora eu lembro-me de ler, não há muito tempo, que ela andava no Póvoas (acho que era neste), a fazer uma dieta rigorosíssima, que já estava a ter resultados. Ora se foi fazer a dieta não foi com certeza por ser magra e por não se preocupar...

- A produção para a tal revista parece um catálogo MUITO manhoso da roupa das lojas das manas mais parasitas que conheço.

- As poses dela mostram tanto à vontade como o que eu tenho perante um tubarão.

- O mau gosto é uma cena que assiste toda aquela família. Começando na pancada tigresse da mãe, passando pela mania bimbalhona da mana que canta música pimba, curvando nestas poses reles da mana mais velha e terminando no ar azeiteiro do provedor de toda aquela horda de gente. Esse, o único laivo de bom gosto que teve atende por Irina e também já viu melhores dias.

[Enerva-me muito esta gente que é famosa por... nada. Por ser mãe ou pai ou tio-avô do primo da mulher do irmão do canário do periquito. Gente que nunca fez nada de memorável, que não trouxe acrescento nenhum (intelectual, cultural ou whatever-mente falando) à humanidade mas que é famosa só porque sim. Argh!]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ao lado

04.01.12
Eu não vejo o Glee. Mas se calhar devia...


Matthew Morrison

Autoria e outros dados (tags, etc)

Updating

03.01.12
Ainda em modo pós-férias. Já em modo dieta. Ainda em modo eu queria mesmo era estar de férias. Já em modo nem sei para que lado me hei-de virar. Ainda em modo porque é que eu não posso ficar a dormir até ao meio-dia? Já em modo alvorada às sete da manhã. Ai.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dos presentes de Natal

02.01.12
Um livro que eu andava a namorar há um ano ("A Mão de Fátima", Ildefonso Falcones), um ferro de engomar e um par de botas rasas, castanhas, de cano alto. O primeiro e o segundo, oferta dos pais (acho que a minha mãe se fartou de me ajudar com a roupa...). O terceiro, oferta do marido que, após muito pensar, olhou para as minhas botas castanhas e achou que aquilo estava bom para ir para o lixo (efetivamente está, mas não foi. Continuam ali, apesar de meterem água e de sentir as pedrinhas todas que apanho no chão. Fizeram 3 invernos inteiros, estão estafadíssimas). Andou, andou, andou e acabou a raptar a minha mãe para ela lhe ir dizer quais eram as botas que eu tinha comentado uma vez, no Guimarães, quando lá fui com ela trocar uns sapatos para a minha avó. São confortáveis e quentinhas e não vão sair à rua em dias de chuva, porque não as quero estragar.

Sobre o livro... é esperar que termine o "1Q84" (que estou a adorar), o "As Serviçais" (que estou a adorar) e este entra a seguir. E sinto falta de ler um Saramago. E ainda não li o "Anatomia dos Mártires" porque o senhor marido o raptou para ler e eu não quero quebrar o ritmo dele.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Para 2012

02.01.12
Para nós, vai ser um ano sob o signo da poupança, da ginástica orçamental, dos cortes a direito. Vai ser o ano de fazer mais com menos. Ou de fazer pelo menos o mesmo, com menos. Algumas resoluções (estou a pensar nisto apenas agora, enquanto escrevo o post, portanto a coisa pode sofrer várias edições):

- Reorganizar a minha casa: deitar fora o que não presta/está estragado, dar a roupa que não serve, levar para a terra os "monos" (coisas como batedeiras, passe-vite eléctrico, máquina de café "americana", grelhador extra). Limpar armários, livrar-me de uma série de tralha que não tem justificação possível. Ainda não cheguei ao minimalismo da Rita (nem acho que vá chegar, não é a minha forma de estar na vida, nem me ajuda a sentir-me mais feliz), mas acho que já acumulei demasiadas coisas de que não preciso e preciso de me ver livre deste peso.

- Estabelecer rotinas: deixar a filosofia do "deixa andar" e abraçar o "é para fazer, faz-se". Estipular dias e horários para fazer as coisas que me custa fazer (engomar, por exemplo... que é curiosamente muito semelhante a engonhar). Render-me à evidência de que, se arrumar/limpar uma divisão por dia a coisa não chega ao estado de sítio que se vive aqui de vez em quando.

- Fazer mais coisas com os miúdos: passeios em jardins, museus (nos dias em que não se pagam entradas), exposições. A ideia é não gastar um cêntimo nos nossos passeios, mas passear na mesma.

- Ver filmes em casa (quer aqueles mil dvds que temos por aqui e que nunca chegámos a ver, quer filmes mais recentes que dá para ver "pesquisando" na net).

- Reeducação alimentar a sério: sinto-me mal comigo, perdi agilidade, perdi mobilidade e algures along the way deixei de achar que o meu corpo era um "santuário", para passar a achar que é um depósito de coisas más. Não pode ser. Não vou fazer dietas malucas, mas quero mesmo chegar ao peso que considero ideal para mim.Este processo já começou: este ano, no Natal (que é a altura da desgraça para mim) portei-me muito, mas muito melhor do que nos últimos 4 anos. Ainda assim, aumentei 3kg. Daqui só posso concluir que eu engordo só por estar em Dezembro, assim... do ar. Bah.

- Exercício: quero voltar a correr, quero participar em pelo menos uma corrida numa das pontes. Isto implica disciplina, entrega, preserverança, treino e boa música a acompanhar. Recomeço as corridas hoje. Enquanto escrevo isto o MP3 está a carregar.

- Trabalho: continuar o Projeto (que engloba vários projectos) que nasceu em 2011. Continuar a costurar, a criar, a escrever, a fazer nascer coisas... Está para breve o nascimento oficial de mais uma coisa em que ando a trabalhar há cerca de 3 meses. Depois explico...

E é isto. Não vai ser o ano da invenção da roda (ou se calhar vai, com o adamastor que se adivinha), mas vai ser um ano bom. Tenho a certeza que sim. Portanto, vamos a isto!



Autoria e outros dados (tags, etc)

"de amar e querer" - para a Mia

01.01.12
Uma coisa que está de "amar e querer" está para dar trabalho.

Quando usei esta expressão adaptada à minha cozinha, ela estava um caos. Completamente desarrumada, suja, em estado de sítio. Estava de amar e querer. Mesmo a precisar de horas de dedicação. Ou seja, usa-se esta expressão para classificar coisas muito sujas, desarrumadas, complicadas de resolver. Porque só amando e querendo há força de vontade para levar a coisa em diante!

Autoria e outros dados (tags, etc)

And so I'm back...

01.01.12
Antes de mais, um GANDA 2012 a vocês que continuam desse lado vai para 4 anos. Que seja um ano feliz, de redescobertas, de aprendizagens e de muito, muito amor.

Resumindo estes últimos dias: férias na terrinha significa detox de internet. Aproveitei para dormir, para ler, para estar horas à lareira. Foi uma semana de família, sem fazer grande coisa. Para o senhor marido, que é pessoa que só tira 3 semanas de férias por ano - sendo esta a terceira - foi o paraíso. Equacionei levar o kit costura (máquina, acessórios, tecidos e tal) para lá, mas senti que estava mesmo a precisar de descansar e aproveitei estes dias em família para isso. Agora sim, é voltar à carga e tratar de tudo o que ainda está pendente.

O Natal foi porreirinho, calmo e sem sobressaltos, cá por casa. Durante a semana na terrinha fui à terra dos meus pais visitar a minha avó. Dois dias depois estava de volta lá, para o funeral do meu tio mais velho.

Regressámos na sexta à tarde porque eu tenho verdadeira fobia a viajar em datas festivas (na verdade, tenho um "problema": tenho sempre a sensação de que vamos entrar para as estatísticas dos acidentados e recuso-me a fazer viagens nesses dias, a não ser que seja estritamente necessário. Uma estupidez, eu sei).

E ontem, passagem de ano a seis cá em casa: nós os quatro, os meus pais e a minha filha a comentar a Casa dos Segredos.

Estamos bem, estamos felizes, estamos entusiasmados e...

Feliz 2012!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Pág. 2/2




Pesquisar

Pesquisar no Blog  








Para vocês





Partners







WOOK - www.wook.pt












Eu e os Livros

2013 Reading Challenge

2013 Reading Challenge
Lénia has read 2 books toward a goal of 30 books.
hide

Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D