Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Conclusão

29.07.11
Olhando para o dia de hoje, a minha conclusão só pode ser uma.

S. Pedro é bipolar.


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

4 em 4

28.07.11
Hoje é o 4º dia em que os jeans ficaram em casa. E é o 4º dia em que os saltos altos saíram à rua. E encontrei umas sandálias que amo, que têm pelo menos uns 8 ou 9 anos (mas que amo, amo, amo). Sandálias com quilómetros feitos e muitas, muitas histórias para contar. Se elas falassem... Foram a casamentos, a festas, a entrevistas de trabalho. E acho que me deram sempre sorte. Excepto um belo dia em que um salto se partiu em plena estação de metro de Entrecampos (ia a caminho do trabalho) e tive que ir comprar outras à pressa. Depois foi só trocar os saltos e ali continuam elas, intactas e giras. Gosto tanto.

[E, obviamente, é o 4º dia em que me vejo a mim e não a sombra. O poder que um pequeno gesto tem... impressionante!]


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Super Cop of the World

28.07.11
Obra na estrada, em Massamá. Passei por um polícia ontem, passei por outro polícia hoje. Qualquer um dos dois poderia ter vencido uma edição masculina do Super Model of the World. Que é feito dos polícias barrigudos de bigode à escovinha?? (Not that I miss those...!!)


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Anda uma mãe a criar uma filha para isto...

27.07.11
"Mimi, Mimi, onde estás, estou aqui, aqui onde, à janela a aprender a namorar
(barulho de beijinho, barulho de beijinho)"

Isto é o que a minha filha tem aprendido na escola... MEDO!


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Self-esteem issues

27.07.11


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Dos saltos altos

27.07.11


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Música para correr

26.07.11
Corro melhor com música. Corro ainda melhor com música que puxe por mim. Esta puxa. E adoro-a, não só por isso mas porque me soa a verão, a noites a dançar, a vodkas laranja (sem laranja), a amigas... Gosto!




Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Modo Disco Riscado: ON

26.07.11
Aquilo que senti hoje não sentia há muitos anos. Olhei para o espelho e vi-me. Não vi a sombra, não vi o espectro, não vi a marca d'água. Vi-me a mim. Vi a Marianne que anda por aqui escondida debaixo de 13kg de gordura algures e gostei. Gostei do que vi mas, principalmente, gostei do que senti ao ver-me. Aquela treta de que a auto-estima é conversa new age é isso mesmo: uma treta.

Não há nada como um sorriso confiante. Não há nada como um caracol que sai da casca.

[Não há nada como uns saltos altos e os olhos do marido postos em nós. Como quando nos viu pela primeira vez. Hoje cá em casa foi assim.]


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Sobre o hino do Sudoeste by Comercial

25.07.11
O Vasco Palmeirim é um letrista do caraças, pra lá de bom. Tem imposto a sua veia cómica por via das letras que escreve a propósito das mais variadas situações. Coisas que vão da crítica social e política a músicas de natal. Desta vez escreveu o hino do Sudoeste, belíssimamente cantado pelos Trio Odemira. A dada altura a coisa versa assim:

No cartaz é tanta a vedeta
Kanye West, David Guetta
É DJ residente.

E eu juro que aquilo andou dias a soar-me assim:

No cartaz é tanta a vedeta
Quem é este David Guetta
É DJ residente...

Ursa, ursa que só eu! (E espertos que foram os meninos da organização da coisa, a sacarem o Kayne West... assim comassim, a Winehouse não vinha, não é...?)


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Heels

25.07.11
Ao fim de um ano e meio a andar rasteirinha, meti na cabeça que tinha que comprar umas sandálias de salto alto. Não semi-alto, não assim-assim. Alto. Mesmo alto. Foram precisas duas manhãs no Colombo para finalmente encontrar uma coisa de jeito. Hoje venho alta. Mesmo alta. E com a auto-estima elevada por estes saltos que, afinal, eram uma ajuda de que eu já me tinha esquecido. É estúpido, mas uma mulher sente-se logo melhor quando cresce uns centímetros (e hoje cresci uns 12!)...!


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Dancin' queen

25.07.11
Ontem, a preparar as coisas para fazer um piquenique, pus a minha música-da-corrida a tocar e andava por ali a dançarinhar enquanto arrumava as coisas.

Vem a minha filha ao pé de mim, pára, começa a dançar e diz "mãe, gosto tanto desta música!!".

E eu pensei: pudera, levaste cada esfrega disto na barriga que só podias era gostar!!


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Pergunta assim como quem não quer a coisa

25.07.11
E o verão... quando é que começa??

[Fim de julho. E eu durmo de pijama de calças e camisola de manga comprida. Tudo de algodão, mas ainda assim...]




Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

A maldição dos 27

24.07.11
Vários músicos famosos e geniais morreram aos 27. Janis Joplin, Jimmy Hendrix, Kurt Cobain, Jim Morrison, Amy Winehouse. Destes algum morreu por coisas que não fossem culpa sua? Bem, o Jim Morrison talvez, visto que morreu de paragem cardíaca. Todos os outros morreram devido ao estilo de vida e às opções que foram fazendo. Isso não torna os seus desaparecimentos menos chocantes. Torna-os só mais expectáveis.

A sério, alguém acreditava que a Amy Winehouse chegasse aos 50 anos? Pois...

A miúda era talento de cima abaixo. E saber lidar com isso? Zero. Completamente fucked up, sem rumo, sem nada. Chamar-se Winehouse é capaz de não ter sido bom prenúncio. Morreu demasiado nova, com demasiado talento por aproveitar. Mas acredito que ela esteja melhor assim, tranquila, sem demónios a corroerem-na por dentro. Numa paz que talvez nunca tenha tido em vida.


Autoria e outros dados (tags, etc)

Cooking queen

24.07.11
Há muito tempo que não me dava para me enfiar horas na cozinha. Deu-me agora.

Morangoskas
Quiche de alho francês, cogumelos e bacon com tomilho
Tarte de nata
Pavlova com crocante de aveia e espuma de morangos

E não, não vou comer (quase) nada disto (beber não é comer, tá?)...


Autoria e outros dados (tags, etc)

O super pediatra

22.07.11
Consulta para as 17h30. Chegámos lá às 17h20. Mais 3 miúdos na sala de espera e uma a ser consultada. Calculei logo que fosse coisa para duas horas de espera. Foi. Entrámos às 19h30. Saímos do consultório às 20h35. Com o puto visto e revisto e eu medicada em condições para a gripalhada que me atacou, que já se misturou com a sinusite/rinite alérgica e que me atirou ao tapete. Adoro este médico que vê tudo ao detalhe, que sossega todas as dúvidas, que tem sempre respostas. E que consulta crianças e adultos com o mesmo empenho e a mesma sabedoria.


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Hoje

20.07.11
Dormi, ao todo, três horas e meia. Isto, misturado com a constipação, resultou numa dor de cabeça, um peso enorme nos olhos... Mas não resultou em falta de ânimo nem de vontade. Porque quando se corre por gosto o cansaço é tão, mas tão menor...


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Ainda sobre o meu Pai

20.07.11
Lembro-me das noites em que ele me adormecia na cama dele, a contar-me uma história. Era sempre a mesma e eu adormecia sempre mais ou menos no mesmo ponto. (A minha mãe, que tinha a 4ª classe quando casou, voltou a estudar já depois de eu nascer. Conto esta história no dia dos anos dela, que está quase aí).

Era uma história sobre uma cabaça, onde uma menina se escondia para fugir de um lobo. Foi ele que inventou a história, um misto de Capuchinho Vermelho com... Aladino, para aí. Lembro-me do tom de voz com que ele contava a história, se fechar os olhos "ouço-o" a contar isto. Tinha 16 anos quando ele ma contou pela última vez. Uma noite, não sei bem porquê, fui deitar-me na cama dos meus pais (acho que ele estava doente) e pedi-lhe que me contasse a história. Adormeci no mesmo ponto de sempre.

Foi uma coisa que quis que a minha filha vivesse. E vive. De vez em quando, ao fim de semana, ou se dorme lá alguma noite, pede que ele lhe conte a história e ele ali fica, pai e avô, a contar a história da cabacinha...

[Não preciso de dizer que acabei de escrever isto de lágrimas nos olhos, pois não?]

Autoria e outros dados (tags, etc)

A eficácia de um provérbio

20.07.11
Cuspir para o ar: "ah, e tal, a única lá em casa que não está constipada sou eu, desta vez isto não me apanha!"...

Cair-me em cima: espirros, nariz completamente entupido, dor de cabeça, dores no corpo...


[Já tenho idade para saber estar calada, é o que é!]


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Pai

18.07.11
57, hoje.
O meu homem de referência, a par com o meu avô. O pai que me deixava ter grilos em casa. E pássaros. E hamsters. E que uma vez me comprou um hamster macho que afinal era fêmea e que pariu uma catrefada de hamsterzinhos nem uma semana depois de chegar lá a casa. O pai que me levava ao café com ele, depois de jantar. E que me ensinava a jogar cartas e a ler e a escrever, tudo antes do tempo em que era suposto. O pai que me deixava ver o Norte e Sul com ele, tinha eu uns 8 anos (e não censurava cenas nenhumas). O pai que me deixou crescer, que me deixou ganhar asas e voar sozinha. O pai que me levou ao altar, emocionado e cheio de calor, tal não era a pilha de nervos. O pai que ama os meus filhos e que brinca com eles. O pai que se tornou avô, um avô muito melhor do que eu alguma vez supus que ele viesse a ser, daqueles avôs que se deita no chão a rebolar e que compra coleções inteiras do Noddy só porque a menina gosta. O meu pai, que eu amo tanto.

Parabéns, Pai.


Autoria e outros dados (tags, etc)

Coisas que... só a mim!

18.07.11
Vim para o escritório novo esperar pelos tipos da PT para nos instalarem linhas telefónicas. Aparece-me aqui um rapazinho novo (não tem mais de uns 27 anos), alto, magro, aloirado, ar meio infantil, meio blasé. Mala de ferramentas à tiracolo, chave de fendas na mão. Até aqui tudo normal. Não fosse um pequeníssimo pormenor.

A mala de ferramentas é azul e laranja e diz... DEXTER... assim, de forma discreta. Mas diz.

Be afraid... be very afraid... (se ele me quisesse matar, este era o local, de facto!)


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

O que eu faço para emagrecer

18.07.11
A teoria

Ando a fazer a Dieta10. Já a fiz (há dois anos, antes de casar) e funcionou. Podia andar numa nutricionista "normal", daquelas que nos diz o que toda a gente diz (a da Dieta10 também diz), mas pagava muito mais e... não me apetece.
A ideia é a ideia por detrás de (quase) todas as dietas: reduzir MUITO os hidratos de carbono que se consomem, para que o que se ingere seja menos do que o que se gasta. Donde, convém fazer algum exercício, obviamente. Mas já lá vamos.

Portanto, a coisa processa-se assim: ao pequeno-almoço, um copo de leite magro ou chá ou café, com duas ou três tostas de aveia e trigo com manteiga magra ou queijo fresco ou fiambre de peru ou de frango. A meio da manhã um iogurte com duas tostas ou uma peça de fruta com duas tostas. Ao almoço, salada de tudo o que apetecer (tendo em atenção que não se pode misturar cenoura crua com tomate cru) ou peixe ou carne com legumes (tendo em atenção que não se podem misturar legumes cozinhados nesta primeira fase. Ou seja, se se comem bróculos, comem-se só bróculos, não se mistura com nada). Ao lanche uma gelatina com uma tosta ou um iogurte sólido com duas colheres de sopa de cereais de aveia da Dieta10. Jantar: carne ou peixe com legumes à descrição ou salada à descrição. Ceia, se for caso disso, um copo de leite ou um iogurte. À parte disto tudo, a regra básica de meter no bucho 1,5l de água por dia (ou chá, pronto).

Resumindo: nesta primeira fase não se ingerem hidratos de carbono além dos mencionados (nada de massas, nem de arroz nem de batatas). NUNCA se come cenoura cozida. Só se come uma peça de fruta (ou o equivalente em peças pequenas, tipo 20 cerejas, 2 ameixas, 2 kiwis, 7 morangos, etc.) por dia. Não se misturam vegetais cozidos. A carne e o peixe podem ser grelhados, cozidos, estufados ou assados. Nada de fritos nem de refogados.

Exercício: caminhar pelo menos 30 minutos por dia. Como isto não é exequível para o comum dos mortais, fazer-se o máximo que se conseguir. Mexer o rabo é o mote.

Suplementos: uma ampola de um complexo vitamínico em jejum. Drenafast em comprimidos ao pequeno almoço e ao jantar. Um comprimido de crómio uma vez por dia. Explicando: com a diminuição da ingestão de coisas no geral, o aporte vitamínico é menor. Vai daí, repõe-se com a ampola. O Drenafast é drenante e queimador de gordura (tem CLA). O Crómio é um estabilizador de açúcares, que faz com que o apetite por açúcares seja menor (isto, para quem se pela é por salgados, não faz falta nenhuma. A mim, que sou maluca por tudo o que seja doce - e que ando a sonhar com cupcakes - é uma ajudinha. Até pode ser um placebo, mas não faz mal).

A prática

Sexta à noite jantei sushi regado a sangria de espumante. Temos pena, mas queria mesmo "celebrar" o fim da amamentação (atenção: não deixei de amamentar porque quis. Ele deixou de querer mamar, eu deixei de ter leite. Por mim, amamentava até aos 12 meses ou coisa que o valha. Não calhou assim, paciência). Matar saudades de uma sangria era coisa que me andava a apetecer. Não alarvei no sushi, mas comi arroz para 2 meses, segundo o prisma da dieta. Comi bem menos do que comeria fora da dieta, mas ainda assim...
De vez em quando apetece-me uma coisa doce. E como. Dois quadrados de chocolate preto.
A teoria de cear um iogurte é maravilhosa se não se jantar às 21h para se ir para a cama às 3h, como me acontece muitas vezes. Maneiras que não dá. E nestas alturas vai uma tacinha pequena de muesli. Ou uns frutos secos (contados, que era coisa que eu nunca fazia...).
Ou seja, tenho deslizes, pois claro. E fico a sentir-me culpada, o que só pode significar que levo a dieta a sério. Mas tento (e consigo muito) seguir a dieta. Consigo almoçar saladas sem molhos, e faço jantar diferente para mim porque eles, coitados, são magrelas e não precisam de dietar comigo.

Exercício: é irreal pensar que consigo despender de meia hora/dia para andar ou seja o que for. Não consigo. Mas consigo aí uns 4 a 5 dias por semana. Pego em mim e vou para o Jamor à hora de almoço. Ou à tarde, quando saio. Ou ao fim de semana, como hoje. Ando e corro e no fim o pedómetro marca 2.5km feitos em cerca de meia hora. Mais os famigerados abdominais. Mais os alongamentos. Saio de lá de cabeça limpa, a agradecer por poder fazer isto, a sentir-me bem comigo. Mesmo que não me diminua o rabo, alivia-me a alma. Missão cumprida, portanto.

Esta semana a balança da nutricionista acusou menos um quilo. Podia ter acusado menos ainda, se eu não tivesse dado umas facadinhas na dieta aqui e ali. Mas não faz mal. Senti-me lindamente e, pensando bem, tendo 12kg para perder, a continuar assim, são mais 12 semanas disto. Não é muito tempo, pois não?

Estou empenhada. Comecei logo a ver resultados (da conjugação de comida com desporto) e isso anima qualquer um. Agora é continuar. Não quero desistir. Na parte alimentar tenho o super incentivo do meu marido. Na parte da corrida, anda o meu patrão a "apertar" comigo. Ou seja, estou rodeada 24h/dia e não me posso safar. Nem quero.

Comecei isto com 68,8kg. Esta semana peço 67,7. Espero, daqui a uma semana, estar a falar em 66,6. E assim sucessivamente. So far, so good.


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Ao domingo

17.07.11
Este fim-de-semana está a ser atípico. Preenchido, organizado, com tempo para tudo.

Ontem passámos o dia a limpar a casa (e os miúdos a curtir um dia de avós). À noite jantámos nos meus pais e riscámos a "refeição fora" da lista do fim-de-semana.
Hoje acordámos às 10h30, arranjámo-nos e rumámos ao Jamor. Eu para correr/andar, eles para um tempinho de passeio e baloiços.
Corri/andei 27 minutos. 1,5k a correr intercalados com 1k a andar. No fim uma sensação boa de dever cumprido. Não que isto seja um dever, mas é uma fatia importante do meu objetivo, portanto é melhor olhar para isto como um dever, sim.

[Na sexta fui à nutricionista. Menos 1kg. Maravilha. O cuidado com a boca e o empenho nos pés a compensar claramente. Assim, sim!]



Autoria e outros dados (tags, etc)

Sobre os abdominais

14.07.11
Expliquem-me lá: 250 abdominais é muito? Está assim muito longe do que se costuma fazer? É que eu acho poucochinho... Houve uma altura em que fazia aulas de localizada e não eram 250... eram 500 e tal, 600 abdominais, sem grande esforço (e bem feitinhos, não havia cá abdominais de pescoço). Se calhar agora acho os meus 250 pouquinhos por causa deste meu "passado"...

A sério, expliquem-me (e isto não pretende ser irónico em palavra nenhuma que escrevi aki, ok?).


Autoria e outros dados (tags, etc)

Happy!!!

14.07.11
Primeiro objetivo da corrida cumprido! Hoje corri meio quilómetro seguido, sem paragens e sem taquicárdias. Depois intercalei corrida com andamento e a coisa acabou em 1,5k corridos (a última marca ficava no 1k) e mais 1k andado. Pelo meio, 250 abdominais para "desmoer" e retemperar as pernas.

Quando terminei o meio quilómetro, a minha vontade foi mandar um salto. Consegui! Contive-me... e continuei a treinar. No final, quando percebi que tinha corrido 1,5k, apeteceu-me saltar de novo. Em vez disso levei um semi-banho do aspersor da rega automática... e soube-me pela vida.

Estou a gostar disto. Muito.

[Próximo objetivo: 1k corrido, seguido.]


Autoria e outros dados (tags, etc)

Fenómeno estranho...

14.07.11
... as minhas calças de ganga... alargaram.


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Doente

13.07.11
Miúdo doente. Ontem levou a escala até aos 39,6º. Fui com ele para o hospital. A senha MENOS prioritária estava com 14 minutos de espera. Uma maravilha de hospital (em Lisboa, pois). Saímos de lá a saber que não era nada. Hoje tem estado febril, mas menos, muito menos. E muito menos prostrado também.

O meu coração de mãe não está formatado para isto. Não sei lidar com eles doentes, talvez porque a minha filha é um elogio à saudinha e nunca tem nada que se note. Quer dizer, também andou aí meio constipadeca e tal, mas passou. Começou foi a comer pior, emagreceu e está espinafrada. Estou sempre a dizer-lhe que tem que comer porque está magrinha. Resposta: eu não posso ficar muito gorda senão não consigo correr nem brincar... E eu lá explico que pode ficar mais gordinha sim, que não lhe faz mal nenhum...

Tão gaja, credo...!


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Adoro

12.07.11
Este cansaço bom que me chega por ter muitas encomendas para fazer e, por isso, ter que me deitar tarde.

Isto não é uma queixa (nem nada que se pareça). É mesmo só um profundo agradecimento a quem acredita em mim e nas coisas que vão nascendo das minhas mãos. Não imaginam a motivação que me dão para fazer mais e melhor.

Obrigada.


Autoria e outros dados (tags, etc)

Quem diria...

11.07.11
Quem diria que eu, ao fim de 4 treinos, conseguia correr o almejado quilómetro... Corri-o, intercalado com caminhada, mas corri. E não fiquei para morrer. Corri na relva (do Estádio Nacional, a mesma onde se disputa a final da taça) e a sensação é completamente diferente de correr no tartan. Muito menos agressivo para as articulações. Muito menos cansativo. Dei 7 voltas ao relvado. A 1ª foi a correr (inteirinha), as outras foram meio a correr e meio a andar (assim mesmo, 50-50). Levei um pedómetro aldrabão, que diz que andei 1990 metros. Não me parece. Até porque há passos que aquilo não conta. Não interessa. O que eu sei é que consegui cumprir o meu objetivo. O próximo é conseguir dar uma volta inteira à pista de tartan do Centro de Alto Rendimento. O seguinte será correr 1k seguido. Com calma. A seu tempo. Para já, sinto que conquistei um patamar que é importante para mim. E isso fez com que passasse a tarde a sentir-me muito, muito bem.


Autoria e outros dados (tags, etc)

24 - The Fragrance

10.07.11
Sou fã (corrijo: sou MUITO fã) do 24. É capaz de ser a minha série preferida de sempre (ali taco a taco com o Brothers & Sisters). Foi lançado um perfume inspirado no Jack Bauer e na série em si. Ora considerando que, na série, o homem passa a vida a correr e metido em berbicachos altamente stressantes... não sei se um perfume inspirado nele é assim uma ideia brilhante...


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Oito

10.07.11
Desnaturada. Esqueci-me completamente de que fez no dia 26 de junho oito (OITO...) anos que comecei a escrever em blogs... Oito anos disto é muita coisa. Muitas memórias eternizadas, muitas histórias que saltaram da vida real para o blog, muitas pessoas que saltaram do blog para a vida real. Muitas coisas boas, algumas (poucas, tão poucas e tão insignificantezinhas) coisas más. Saldo claramente positivo. Nunca me arrependi de ter um blog, nunca, desde que comecei, considerei não ter um blog. Mudei de blog (e de "identidade) algumas vezes, mas nunca me escondi. Não sou daquelas bloggers que diz que metade do que escreve é mentira. Eu não sou só o que está no blog, mas tudo o que está no blog sou eu. Com tudo o que isso tem de bom e de mau. A "Marianne", não se chamando Marianne, sou eu. Não é um alter ego, não é uma personagem. Sou eu, com outro nome. Mais um dos que adotei em oito anos. Todos uma e a mesma pessoa. Como os meus blogs. Alguns, mas todos o mesmo.

Obrigada por estarem aí (e sim... sei que há quem me leia há oito anos... Ah, estóicos!!).


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Pág. 1/2




Pesquisar

Pesquisar no Blog  








Para vocês





Partners







WOOK - www.wook.pt












Eu e os Livros

2013 Reading Challenge

2013 Reading Challenge
Lénia has read 2 books toward a goal of 30 books.
hide

Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D