Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Expliquem-me

14.12.11
... como se eu tivesse 3 anos.
Expliquem-me o que é que passa na cabeça de um homem para resolver dar workshops sobre "como conquistar o homem dos vossos sonhos". A sério. Mas expliquem devagarinho que é para eu entender mesmo...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


22 comentários

De ana a 14.12.2011 às 02:44

Estava mesmo a escrever sobre isso. Na dúvida entre ser mais "leal" e dar a minha opinião no local certo ou parodiar tal coisa tão jeitosa. Escolhi a última. Porque só é digno disso mesmo. Até me proporcionou belos momentos porque me lembrei da Rute Remédios do Herman José e estive a ver um bocadinho no youtube.

Sabes, eu acho que isto já é caso de internamento. O programa do workshop, a generalização e, sobretudo, o aproveitamento de pessoas que, imagino eu, para se inscreverem nessas coisas devem estar com alguma lacuna emocional. E tudo a rondar os 40 euros para aluguer da sala, ou seja, pura solidariedade de quem vai falar do alto do seu conhecimento sobre um assunto tão pertinente. Revolta-me que se excedam todos os limites. Haja ética no negócio. Ainda se fosse alguma arte, algum saber. Agora um monte de larachas que estamos fartos de ler no blogue, que o homem deve pagar o jantar no primeiro encontro, que não sei o quê.

Como diz a minha mãe: dai-me paciência e um paninho para a embrulhar.

De Monica www.organizaracasa.com a 14.12.2011 às 07:26

Olá,

Já se faz tudo para ganhar dinheiro...

Bj

Mónica - A Dona de Casa Perfeita
www.organizaracasa.com

De rita a 14.12.2011 às 09:05

Eu acho q isto é tudo brincadeira. O dito cujo, num destes dias, ainda vai fazer um post a dizer "Foram apanhados, acreditavam mesmo que eu iria fazer um workshop tão rídiculo?"
É que é de facto tão absurdo que só pode ser brincadeira. É mau demais para ser verdade.

De Melissinha a 14.12.2011 às 09:14

Apesar de não gostar do blog nem do blogger, tinha adorado a ideia dos posts casamenteiros, porque acho fantástico que as pessoas se cheguem à frente e digam o que procuram. Muito fixe, mesmo, e quase mudei de ideias. Mas ao ver o tal workshop, perdi toda a inocência de achar que aquilo era uma ação desinteressada.

(Aliás, o tal curso é oferecido mesmo ao lado de outro intitulado "como rentabilizar o seu blog"...)

De Pizza a 14.12.2011 às 09:21

não estou mesmo a acreditar :|

De Ana a 14.12.2011 às 09:43

Hmmm...será ele gay reprimido? ;D

De Kyla a 14.12.2011 às 10:04

Marianne, cada um é livre de fazer o que quer para ganhar dinheiro, seja a escrever um livro ou a dar workshops.
Se o rapaz tem fama e as pessoas vão atrás do que ele diz e faz (e ele já se apercebeu disso pela afluência que tem no blog)...qual o mal?
Só vai aos workshops quem quer...(e acredito que haja gente para isso, senão ele não arriscaria).

De ana a 14.12.2011 às 10:20

Kyla, desculpa entrar em conversação directa quando nem foi a mim que te dirigiste mas tinha que responder :)

Eu acho bem que as pessoas façam render os seus talentos. Como dizes, escrever um livro, ensinar a costurar, ensinar aquilo que são as tendências da moda - e depois aí vai com o gosto de cada pessoa, aceitar ou não a moda -, ensinar a tirar partido da sua escrita ensinando técnicas e espevitando-a com exercícios, etc, etc.

Agora, parece-me que encontrar o homem de sonho/tornar-se uma mulher mais interessante é a mesma coisa que ir ao Professor Mamadu ou ao Professor Karamba. Sim, é legítimo abrir-se um consultório destas coisas, há tantos aí. Mas será ético? Alguém com a cabeça no lugar não perceberá que ser interessante/conquistar alguém é uma coisa tão relativa, mas tão relativa que não se ensina, acontece. Quem sou eu para achar que sei aquilo que as mulheres querem? Tu és diferente de mim, a nossa vida é diferente, o nosso meio é diferente, o que "resulta" para ti pode não resultar para mim.

Será legítimo, da mesma forma que há por aí tanto Professor nas páginas de anúncios dos jornais, criar um workshop com lugares comuns, sim, mas será também legítimo cada um de nós poder criticar uma coisa que não tem fundamento nenhum e assim acharmos. Especialmente quando sabemos que é para ganhar dinheiro. É a mesma coisa como aqueles que andam a vender colchões à conta dos telefonemas a oferecer prémios. Há quem caia, as pessoas assinam e não lêem o que assinam porque não querem. Mas quem é que está mal na história toda?

De triss a 14.12.2011 às 10:29

Eu nem acreditei quando li, disse para mim mesma "desculpa?".
Estou com a Melissinha, achei que os posts casamenteiros, podendo ser pirosos e sei lá mais o quê, têm a vantagem de poder sair dali relações a sério, e fazer as pessoas felizes não tem mal nenhum.
Mas workshops??

De Melissinha a 14.12.2011 às 10:30

Eu acho que ele se acha o homem dos sonhos de qualquer mulher, uma espécie de chave-mestra, e vai ensinar o que funciona para ele - é o que cada uma de nós poderia fazer, portanto.

Vi poucas egotrips tão grandes na blogosfera, e já vi algumas.

Comentar post


Pág. 1/3




Pesquisar

Pesquisar no Blog  








Para vocês





Partners







WOOK - www.wook.pt












Eu e os Livros

2013 Reading Challenge

2013 Reading Challenge
Lénia has read 2 books toward a goal of 30 books.
hide

Follow me!






Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D